TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Informática Aplicada Em Estruturas De Concreto

Artigo: Informática Aplicada Em Estruturas De Concreto. Pesquise 812.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/2/2013  •  2.027 Palavras (9 Páginas)  •  1.154 Visualizações

Página 1 de 9

Informática Aplicada

em Estruturas de

Concreto Armado

Alio Ernesto Kimura

Como se aprende a andar?

Este livro estava faltando nas prateleiras dos engenheiros de estru-turas. Por que não havia ainda sido escrito? Não se conhecem as

respostas possíveis. Só se pode fazer conjeturas.

Os professores de engenharia do concreto não estão capacitados

para escrever livros dessa natureza. Não lhes faltam competência

nem disposição para o trabalho. É que seu tempo não está dedicado

exclusivamente à informática. Em conseqüência, julga que os alunos

precisam seguir o mesmo caminho que eles mesmos haviam feito.

Os estudantes de hoje não se preocupam com cálculos numéricos. Isso

é coisa do passado. Se existe uma ferramenta que cuida disso, por que

desperdiçar o tempo em cálculos lentos e sujeitos a erros? Os profes-sores, entretanto, julgam, e com razão, que os conceitos precisam ser

compreendidos com detalhes. As ferramentas a serem manejadas não

constituem matéria de ensino e sim de desembaraço mecânico.

Como se aprende a andar? Não adianta fornecer informações so-bre o mecanismo da locomoção. Só se aprende errando. A criança

vai percebendo gradativamente o que dá certo e o que não dá. Os

tombos constituem o melhor aprendizado. Os principiantes em in-formática precisam passar pelo mesmo ciclo de aprendizado que

as crianças que aprendem a andar. O método de tentativa e erro

parece ser o único que funciona.

Poucos sabem transmitir as diversas fases do aprendizado. Não bas-ta possuir amplo conhecimento do assunto. É necessário possuir

algo mais: mostrar o óbvio que todos deveriam saber por intuição.

Intuição não existe nesse campo: precisa ser explicado, ou aprendi-do por tentativa e erro. É por isso que adolescentes aprendem mais

depressa que os adultos: não possuem inibição. É por isso que os

adultos têm tanta dificuldade, muito maior do que os adolescentes,

a se acostumar com uma maneira diferente de pensar.

Kimura soube muito bem abordar esse campo de aprendizado de

maneira a mostrar aos adultos, sem constrangimento, o que deve

ser feito para manipular a nova ferramenta. Sem menosprezo, sem

se envergonhar, o adulto vai aprendendo de erro em erro, o que

precisa fazer. É a situação do pai de família, que não consegue

imprimir uma mensagem em seu computador e chama seu filho

de sete anos, que está no andar de cima da casa, para ajudá-lo; o

menino vem logo e, sem pestanejar, aperta um botão do computa-dor e a impressora começa a funcionar. Vai embora sem dizer nada,

pensando: “Como meu pai é ignorante!”.

Kimura evita com este livro que os adultos precisem pedir auxílio

para entender o que é simples e que não está escrito nos manu-

ais. Com exemplos bem escolhidos, começa com um caso em que

é possível fazer um cálculo manual e compará-lo ao que o com-putador executa. Verifica que, em casos muito mais complexos, o

computador chega aos resultados finais com a mesma simplicida-de que aborda os problemas mais corriqueiros. Para o computador

não existem dificuldades de processamento numérico. Ele executa

o que seria inviável em cálculos manuais em poucos minutos, com

menores probabilidades de erro.

Kimura consegue mostrar que a repetição de um cálculo, melho-rando o desempenho da estrutura, não constitui uma tarefa com-plicada, podendo ser feita uma otimização de projeto sem grande

dispêndio de tempo e energia.

Parabéns Kimura, por este enorme serviço prestado aos engenhei-ros de estruturas!

São Paulo, 18 de janeiro de 2007.

Eng. A. Carlos de Vasconcelos

Introdução

Seja nas últimas décadas como nos dias atuais, assistimos e vivencia-mos uma verdadeira revolução na área da informática. É um fato in-contestável e inimaginável há bem pouco tempo. Novas e diferentes

tecnologias são introduzidas a cada dia de uma forma avassaladora.

O acesso às informações globalizadas por meio da Internet, a comuni-cação por meio de e-mails, a produção de processadores cada vez mais

velozes, o aumento da capacidade de armazenamento de dados e o

desenvolvimento de sistemas computacionais cada vez mais robustos

são apenas alguns bons exemplos dessa grande evolução.

Pode-se até dizer que, na informática,

parece não haver barreiras!

7

Informática Aplicada em Estruturas deConcreto Armado

AlioKimura

Este enorme avanço, ou melhor, revolução tecnológica teve e tem

um papel importantíssimo na Engenharia de Estruturas, influen-ciando de forma direta e significativa na maneira como os projetos

estruturais de edifícios de concreto são hoje elaborados.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.8 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com