TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Manutenção em Motores de Popa

Por:   •  9/2/2019  •  Ensaio  •  644 Palavras (3 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 3

OBJETIVO

Efetuar os procedimentos adequados de manutenção conforme especificação do frabricante. Será efetuada a manutenção em um motor de popa Yamaha 25 hp, 2 tempos, Ano de fabricação: 2008.

APLICAÇÃO

  1. A lubrificação é uma operação que consiste em introduzir uma substância apropriada entre superfícies sólidas que estejam em contato entre si e que executam movimentos relativos. Essa substância apropriada normalmente é um óleo ou uma graxa que impede o contato direto entre as superfícies sólidas. Quando recobertos por um lubrificante, os pontos de atrito das superfícies sólidas fazem com que o atrito sólido seja substituído pelo atrito fluido, ou seja, em atrito entre uma superfície sólida e um fluido.

As areas de contato de maior importancia para a lubrificação do motor de popa, são as que concentram maior concentração de carga, devido as articulações que dão o movimento de trabalho necessários do motor de popa. Estas partes estão em constante movimentação quando em uso. 5 pontos de lubricação de articulações responsáveis pela lubrificação das articulações estão posicionados para garantir a correta lubrificação destas. A estrutura das partes deslizantes das articulações estão posicionadas conforme desenho abaixo.

Figura 1-Desenho expandido motor de popa Yamaha 25 HP.

[pic 2]

Fonte: Catalogo de peças 1G69U-280P1, (Yamaha, 2008).

Graxa.

As graxas são compostos lubrificantes semi-sólidos constituídos por uma mistura de óleo, aditivos e agentes engrossadores chamados sabões metálicos, à base de alumínio, cálcio, sódio, lítio e bário. Elas são utilizadas onde o uso de óleos não é recomendado.

Tipos de graxa

Os tipos de graxa são classificados com base no sabão utilizado em sua fabricação:

Graxa à base de alumínio: macia, quase sempre filamentosa, resistente à água, boa estabilidade estrutural quando em uso, pode trabalhar em temperaturas de até 71°C. É utilizada em mancais de rolamento de baixa velocidade e em chassis;

Graxa à base de cálcio: vaselinada, resistente à água, boa estabilidade estrutural quando em uso; deixa-se aplicar facilmente com pistola; pode trabalhar em temperaturas de até 77°C. É aplicada em chassis e em bombas d’água;

Graxa à base de sódio: geralmente fibrosa, em geral não resiste à água; boa estabilidade estrutural quando em uso. Pode trabalhar em ambientes com temperatura de até 150°C. É aplicada em mancais de rolamento, mancais de rodas, juntas universais etc.

Na Lubrificação de maquinas-ferramentas como procedimento de manutenção padrão quando lubrificada com graxa, Será aplicado em todos os pontos de lubrificação à graxa à base de sabão de lítio de múltipla aplicação e consistência NLGI 2.

SEGURANÇA NO TRABALHO

3.1 EPI's

Para manutenção, é necessário a utilização dos seguintes equipamentos de proteção individual:

- Luvas;

- Óculos de proteção;

- Protetor auricular;

- Proteção para cabelo;

- Vestimenta adequada (calça e camiseta com mangas).

[pic 3]

Figura 3. Placa de identificação de EPI’s.fonte de todas as figuras

RESPONSABILIDADES

ZANTES DESCREVA AS RESPONSABILIDADES TOMADAS NA HORA DE APLICAR O LUBRIFICANTES E OS CUIDADOS TOMADOS QUANTO A INTEGRIDADE FISICA DO OPERADOR E DO EQUIPAMENTO. SEJA SUCINTO.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.8 Kb)   pdf (372.2 Kb)   docx (237.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com