TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Projeto (Estrutura) do site: Desenvolvimento Sustentável na Informática

Por:   •  22/5/2016  •  Trabalho acadêmico  •  3.761 Palavras (16 Páginas)  •  372 Visualizações

Página 1 de 16

Índice

1. Objetivo do Trabalho___________________________________________1

2. Introdução___________________________________________________ 2

3. Tema Escolhido: Sustentabilidade na área de T.I.____________________ 3

3.1. Ranking de empresas___________________________________ 3

3.2. Lixo eletrônico_________________________________________ 4

3.3. Impactos Ambientais____________________________________ 5

3.4. Impactos na saúde_____________________________________ 5

3.5. Algo está sendo feito?___________________________________7

4. Dissertação__________________________________________________ 9

5. Projeto (Estrutura) do site: Desenvolvimento Sustentável na Informática__ 14

5.1 Relatório com as linhas de código das páginas do site_________ 16

5.2 Apresentação do site em funcionamento em um computador____ 29

6. Bibliografia__________________________________________________ 31

7. Ficha de Atividades Práticas Supervisionadas______________________ 32

1. Objetivo do Trabalho

O objetivo desse trabalho é informar o desenvolvimento sustentável nas áreas de T.I, com informações de projetos de empresas que estão se empenhando na sustentabilidade. E alertar sobre os impactos na saúde humana e no meio ambiente, causado pelas substancias tóxicas que existem nos equipamentos eletrônicos quando descartados incorretamente.

2. Introdução

Com a crescente demanda da população por novas tecnologias, gera-se um incentivo para a fabricação e criação dos mais diversos produtos. Contudo, este conforto gerado principalmente pelos computadores, cada vez mais rápidos e com as mais diversas funções, oferece os mais diversos riscos e impactos, pelos seus componentes altamente tóxicos que sem responsabilidade nenhuma são despejados na natureza.

Sempre que falam nesse assunto, gera um pouco de discussão mundial, sendo a ONU (Organização Das Nações Unidas), a principal preocupada com a sustentabilidade em todo o mundo. No Rio+20, no ano de 2012, a sustentabilidade foi um dos assuntos abordados, tendo a função de propor ações para reduzir, compensar os impactos ambientais e sociais.

Podemos dizer que esse conceito de sustentabilidade representa promover a exploração de áreas ou o uso de recursos planetários (naturais ou não) de forma a prejudicar o menos possível o equilíbrio entre o meio ambiente e as comunidades humanas e toda a biosfera que dele dependem para existir. Pode parecer um conceito difícil de ser implementado e, em muitos casos, economicamente inviável. Porém, algumas empresas multinacionais e áreas tecnológicas, já começaram a fazer parte dessa preservação do meio ambiente.

Hoje as áreas tecnológicas são as que mais buscam inovar para ajudar na sustentabilidade do mundo, sendo a NASA a principal delas, que vem a cada ano servindo de modelo de sustentabilidade para o mundo inteiro. Sendo assim a NASA, vem fazendo as várias empresas de T.I inovar a cada dia mais.

Nos próximos tópicos iremos discutir mais sobre a sustentabilidade nas áreas de T.I. e os impactos ambientais e na saúde, nelas solucionados.

3.Tema escolhido: Sustentabilidade na área de T.I.

A preocupação do mundo corporativo com a preservação da natureza vem aumentando muito nos últimos anos. Preservar o meio ambiente para controlar as alterações climáticas e o esgotamento das fontes de energia, tornou-se uma questão moral para as empresas, que vem adotando cada vez mais medidas para reduzir o consumo de energia e os impactos ambientais.

Esses impactos gerados pela crescente evolução tecnológica colocam também a sociedade frente aos mais diversos riscos. Como a tecnologia, a sociedade e as empresas estão relacionadas pelo processo produtivo, todo o impacto da criação de novas tecnologias, vindas principalmente de países desenvolvidos reflete diretamente na população.

3.1. Ranking de empresas.

Abaixo, mostraremos duas imagens com o ranking do Greenpeace, avaliando vários aspectos de produção de eletrônicos e mostra quem tem práticas benéficas para o planeta.

Fonte: Guideto Greener Eletronics, Greenpeace

“Segundo o estudo do Gartner, 30,1% dos executivos não consideram as tecnologias verdes muito importantes. Mas, 27,4% alegaram gostar e aceitar as ‘atitudes verdes’ de seus fornecedores. Outra situação relevante é que 28,6% dos diretores de TI consideram o uso das tecnologias verdes uma obrigação moral. Já os outros 12,2%, consideram uma concorrência nos negócios.”

Fonte: Revista Sustentabilidade.

3.2. Lixo eletrônico.

Com a produção, cada vez mais crescente, de componentes eletrônicos a preço acessível, cresce a demanda de novas tecnologias. Com isso, o faturamento da indústria eletrônica acaba sendo grande perdendo apenas para as indústrias petrolíferas. Um exemplo desta afirmativa é o de que o numero de transistores em cada polegada de um chip, duplica a cada um ano e durante esse um ano o preço dos processadores lançados decai cerca de 30%. Porém, com a aquisição dessas novas peças, decorre a rápida obsolescência dos produtos e o seu descarte, seja pela necessidade de troca ou por estarem danificados, acarretando na geração de mais lixos eletrônicos.

Algumas empresas brasileiras e filiais de multinacionais já têm trabalhado com alta tecnologia em favor do meio ambiente. Mas é preciso lembrar que não existe no mundo uma empresa ou um produto sustentável por si. “O que podemos dizer é que um processo produtivo ou um produto contribuiu ou não para a sustentabilidade do planeta”, explica o professor Biagio Fernando Giannetti, da Universidade Paulista (UNIP),

...

Baixar como (para membros premium)  txt (24.6 Kb)   pdf (140.5 Kb)   docx (21.3 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com