TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Síntese do Oxalato

Por:   •  10/1/2019  •  Relatório de pesquisa  •  1.104 Palavras (5 Páginas)  •  36 Visualizações

Página 1 de 5

I. INTRODUÇÃO

Os Oxalatos são substâncias encontradas de forma natural em vários alimentos e fazem parte do funcionamento do metabolismo de plantas, animais e até mesmo no metabolismo dos seres humanos. O organismo humano não tem a capacidade de sintetizar os oxalatos, por esse motivo, essa substância é expelida na urina, pois, sua presença em excesso pode causar pedra nos rins, que são os cristais formados entre 70% e 80% por Oxalato de Cálcio.

Os Oxalatos são compostos que são sais ou ésteres do Ácido Oxálico, eles são obtidos (os oxalatos), através da neutralização do Ácido Oxálico, onde seus ésteres são obtidos através da esterificação, que é a reação da qual resulta a formação de ésteres. O Ácido Oxálico ocorre naturalmente em inúmeras plantas e animais, principalmente sob a forma de sal. É encontrado normalmente na urina animal e, em casos patológicos conhecidos como oxalúria, é excretado da urina em grandes quantidades.

Os principais Oxalatos que podem ser encontrados são: o Oxalato de Potássio, de Cálcio e o de Ferro.

O Oxalato de Cálcio (CaC2O4) vem sob a forma de um sal incolor, o qual precisamos ter bastante cuidado em relação a sua toxicidade, já que, sua ingestão, mesmo que por pequenas doses pode causar sérios danos no fígado e nos rins. Podemos encontrar o Oxalato de Cálcio em minerais, plantas e alimentos.

O Oxalato de Potássio (K2C2O4 . H2O) é um forte ácido dicarboxílico que ocorre em muitas plantas e vegetais. É produzido no organismo pelo metabolismo do ácido glioxílico ou ácido ascórbico. Não é metabolizado, mas excretado na urina. É utilizado como reagente analítico e agente redutor geral. Esse Oxalato é sólido, branco e sem odor, e não é inflamável. É recomendado evitar contato com o sólido e com o pó do Oxalato de Potássio.

O Oxalato de Ferro (FeC2O4 ou C2FeO4) é um sólido amarelo inodoro. Insolúvel em água e mais denso em água.

O Oxalato de Magnésio (C2H4MgO6) é um sólido branco, o mesmo apresenta forma anidra e forma di-hidratada, que é onde duas moléculas de água se complexam com a sua estrutura, e ambas as formas são praticamente insolúveis em água.

O Oxalato de Magnésio pode ser sintetizado pela combinação de um sal de magnésio ou íon com um oxalato: Mg 2+ + C2 O4 2− → MgC2O4

II. OBJETIVOS

Preparar ou sintetizar o Oxalato de Magnésio para observar as reações que podem ocorrer. Determinar o rendimento da preparação de Oxalato de Magnésio.

III. MATERIAIS E MÉTODOS

a. Materiais utilizados

1. Balança analítica;

2. Béqueres (Dois Béqueres de 50 ml e um de 100 ml);

3. Manta aquecedora;

4. Pipetas (Duas);

5. Espátula;

6. Conta gota (Três);

7. Papel de filtro;

8. Funil de vidro;

9. Bastão de vidro;

10. Estufa;

11. Óxido de magnésio (0,0403g);

12. Solução de ácido clorídrico a 6,0mol/dm³ (12 gotas);

13. Ureia (4,55111g);

14. Vermelho de metila (1 gota);

15. Oxalato de amônio (1,5 ml);

16. Água destilada (4,5 ml);

17. Água destilada gelada (100 ml);

18. Peixe e vara;

b. Metodologia

Em uma balança analítica pesou-se 0,0403 g de óxido de magnésio, em seguida foi colocado no béquer e adicionado 25 ml de água destilada, logo após adicionou-se 12 gotas de uma solução de 6,0 mol/dm3 de Ácido Clorídrico, sobe agitação constante e aquecendo-se na manta térmica até a completa dissolução do sólido. Após a dissolução do sólido, adicionou-se uma gota de uma solução de Vermelho de Metila a 1 %, e em seguida 1,5 ml de uma solução saturada de oxalato de amônio e 4,51g de Ureia e deixou sobe agitação na manta térmica até a solução entra em ebulição e mudar da cor vermelha para a amarela. Acrescentou mais 2,5 ml de água destilada para compensar as perdas pela evaporação. Esperou-se ate á formação de cristais incolores do Oxalato, como não houve precipitação,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.2 Kb)   pdf (54 Kb)   docx (14.1 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com