TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Metais alcalino-terrosos

Por:   •  11/9/2014  •  Projeto de pesquisa  •  1.092 Palavras (5 Páginas)  •  285 Visualizações

Página 1 de 5

Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações

Trabalhos Gratuitos

Trabalho Completo Relatorio

Relatorio

Imprimir Trabalho!

Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: jessicasantos 22 junho 2013

Palavras: 1030 | Páginas: 5

Os metais alcalinos- terrosos são os elementos químicos do grupo II (2A) da tabela periódica, formando uma família ou uma série química, apresentam configuração eletrônica terminada em ns², ou seja, possuem dois elétrons na camada de valência e são os seguintes: berílio (Be), magnésio (Mg), cálcio (Ca), estrôncio (Sr), bário (Ba) e radio (Ra). Este curto apresenta um tempo médio de vida muito curto.

O nome alcalino- terroso provem do nome que recebiam seus óxidos: terras. Possuem propriedades básicas (alcalinas). Apresentam eletro negatividade ≤ 1,3 segundo a escala de Pauling, este valor tende a crescer no grupo de baixo para cima.

São metais de baixa densidade, coloridos e moles. Reagem com facilidade com halogênios para formar hidróxidos fortemente básicos, e todos são sólidos em sua composição, apresentando dos elétrons no seu ultimo nível de energia, com tendência a perdê-los transformando- se em íons bi positivos, e eles ficam mais eletro positivos de cima para baixo no grupo.

02-Objetivo

Verificar o PH dos metais do grupo II da tabela periódica usando indicadores como Fenolftaleína e CuSO₄. Fazer observações e experimentos de acordo com o procedimento e descrevê-las no decorrer do relatório.

03- Materiais e Reagentes

Materiais utilizados:

2 béquer de 50mL

3 pipetas de 5mL

1 proveta de 25mL

1 funil

2 erlenmeyer de 250mL

6 tubos de ensaio

Bastão de vidro

Espátulas

Estantes para tubos de ensaio

Papel de filtro

Reagentes utilizados:

MgO

CaO

CuSO₄ sol. 5%

Ba(OH)₂ sol. Sat.

Fenolftaleína

04-Procedimento Experimental

1- Pesou-se 1.0g de oxido de magnésio em um béquer de 50 mL, em seguida adicionou-se 2mL de água destilada, agitou-se bem e foi observado o aspecto.

2- Adicionou-se ao béquer mais 25 mL de água destilada, agitou-se bem e foi observado o aspecto.

3- Filtrou-se a mistura para obter um filtrado límpido e transparente.

4- Repetiu-se o procedimento do 1 ao 3 usando oxido de cálcio.

5- Em 6 tubos de ensaio adicionou-se:

Tubo 1- 2 mL da solução de Mg(OH)₂ e 2 gotas de Fenolftaleína

Tubo 2- 2 mL da solução de Ca(OH)₂ e 2 gotas de Fenolftaleína

Tubo 3- 2 mL da solução de Ba(OH)₂ e 2 gotas de Fenolftaleína

Tubo 4- 2 mL da solução de MG(OH)₂ e 2 gotas de CuSO₄

Tubo 5- 2 mL da solução de Ca(OH)₂ e 2 gotas de CuSO₄

Tubo 6- 2 mL da solução de BA(OH)₂ e 2 gotas de CuSO₄

6- Observou- se o resultado.

05- Resultados e Discussões

Ao adicionar 2 mL de água destilada ao oxido de magnésio, observou- se que ele com aspecto ficou muito pastoso, e não foi diluído por completo devido a quantidade da água colocada que não foi suficiente para diluí-lo fazendo com que criasse uma pasta. Sua colocação ficou branca. Ao adicionar 25 mL, observou-se que o oxido de

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.5 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com