TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Ética e Sustentabilidade

Por:   •  11/7/2019  •  Trabalho acadêmico  •  3.834 Palavras (16 Páginas)  •  14 Visualizações

Página 1 de 16

[pic 3]

ÉTICA E SUSTENTABILIDADE

Ações empresariais para a VBN

Abril/2019

[pic 4]

[pic 5][pic 6]

Elaborado por: Ricardo Alves dos Santos

Disciplina: Ética e Sustentabilidade

Turma: AEROESEAD_T0002_0419


Tópicos desenvolvidos

  1. Ações ou estratégias comumente utilizadas pelas empresas para assegurar a sua integridade;

Apresentação das ações necessárias para aumentar a transparência, combater a corrupção e, consequentemente, assegurar a integridade empresarial: Fazem parte dessas ações: o engajamento de sua alta gestão, o desenvolvimento de um ambiente de trabalho saudável, o desenvolvimento do código de ética e do código de conduta e a implementação de mecanismos de gestão responsável.

  1. Obstáculos apresentados pela cultura organizacional para a inclusão de medidas básicas de proteção aos direitos individuais e coletivos;

Demonstração dos obstáculos causados pela falta de compreensão dos benefícios futuros, pelas pessoas envolvidas no processo, quando da implantação de medidas básicas de proteção aos direitos individuais e coletivos.

  1. Efeitos ou impactos de ações empresariais antiéticas (caracterizadas pelo desrespeito) para os stakeholders e a sociedade;

Exemplos de empresas que negligenciaram as regras da governança corporativa e experimentaram amargas consequências.

  1. Soluções que as empresas podem implementar para garantir, de forma ética, os direitos individuais e coletivos.

Implementação dos princípios básicos de governança corporativa como solução indicada para a VBN, com o objetivo de garantir, de forma ética, os direitos individuais e coletivos.


Apresentação e objetivo

Atualmente, com a evolução do mercado, o principal ativo das organizações deixou de ser o financeiro e passou a ser o humano, o que gera um diferencial importante e competitivo para as empresas.

Boa parte das empresas ainda está inserida no contexto da era industrial. Nesse contexto, o pensamento e o conhecimento dos colaboradores são totalmente ignorados. Como consequência, essas empresas tornam-se perenes. O caminho para o sucesso e vida longa das empresas está em, justamente, tratar as pessoas como seres dotados de características pessoais e profissionais, ou seja, na valorização dos colaboradores.

Quando o foco da empresa deixa de priorizar apenas o lucro e se volta para a valorização das pessoas, preocupando-se com as boas práticas no que diz respeito à ética, responsabilidade social e governança, isso faz com que ela se torna mais competitiva e atrativa aos investidores. E, ainda, conquista a confiança dos clientes, o que resulta na sua solidificação junto ao mercado e, consequentemente, no aumento de seus lucros.

Pode-se dizer que essa priorização diferenciada tem como consequência uma relação "ganha x ganha". Ganham os colaboradores, os acionistas e a comunidade com a diminuição dos abusos exercidos contra o indivíduo e a coletividade, garantindo, efetivamente, seus direitos. Ganha, também,  a empresa, com sua solidificação e com um significativo aumento em seus lucros.

O objetivo deste relatório é demonstrar que é possível implantar boas práticas no que diz respeito à ética, responsabilidade social e governança na VBN, descrevendo ações empresariais que podem contribuir para a diminuição dos abusos exercidos contra o indivíduo e a coletividade.

Para isso, a VBN deverá implantar algumas ações para aumentar a transparência, combater a corrupção e, consequentemente, assegurar a integridade empresarial: São elas: o engajamento de sua alta gestão, o desenvolvimento de um ambiente de trabalho saudável, o desenvolvimento do código de ética e do código de conduta e a implementação de mecanismos de gestão responsável.

Será demonstrado que a implantação de medidas básicas de proteção aos direitos individuais e coletivos gera benefícios futuros. Entretanto, a falta de compreensão desses benefícios pelas pessoas envolvidas no processo, resultado da cultura organizacional institucionalizada, poderá ser um obstáculo para o desenvolvimento da VBN.

As recomendações não são obrigatórias. Porém, se implementadas, poderão evitar que a VBN tenha experiências negativas como as vividas pela americana Enron e a brasileira Ultracargo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (27.3 Kb)   pdf (546.3 Kb)   docx (2.1 Mb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com