TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Portfolio atrativide e seleção

Por:   •  19/11/2018  •  Trabalho acadêmico  •  318 Palavras (2 Páginas)  •  76 Visualizações

Página 1 de 2

[pic 1]

.......................................................................................................................

[pic 2]

Respostas

.............................................................................................................

As pessoas ou o capital humano representam o mais valioso dos recursos da organização. Os dilemas existem em virtude de preconceitos e temores da própria sociedade, muitas vezes até por questões relacionadas à manutenção da saúde. Embora estejam implícitos, casos como esse já ocorrem no mercado nacional. De acordo com uma pesquisa intitulada “Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas”, realizada em 2013 pelo Ministério da Saúde, cerca de 50% dos brasileiros com mais de 18 anos de idade estavam acima do peso. Como você lidaria com essa situação, caso se deparasse com algo similar na empresa em que trabalha?

R. As doenças cardiovasculares, os cânceres, as doenças respiratórias crônicas e o diabetes mellitus se configuram como as principais doenças crônicas não transmissíveis, tendo sido responsáveis, em 2015, por 51,6% do total de óbitos na população de 30 a 69 anos no Brasil. Os dados salvam vidas e fazer uso deles é primordial para as atividades de vigilância epidemiológica das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), visando conhecer a distribuição, a magnitude e a tendência dessas doenças e de seus fatores de risco para subsidiar o planejamento, a execução e o monitoramento das ações para seu controle e prevenção.

A melhor maneira para lidar com esse tipo de situação dentro das empresas seria um programa de mudança de comportamento na atenção a saúde básica, onde promovesse debates sobre o assunto, sempre de maneira descontraida mas mostrando a gravidade do problema e maneiras para soluciona-lo, identificar fatores de risco e capacitar as pessoas para o autocuidado são medidas essenciais. Oferecer para os funcionários palestras sobre o assunto, incentivar a pratica de exercicios e a boa alimentação. O conhecimento sobre doenças crônicas é algo que pode surtir efeito, pessoas bem informadas tendem a ter uma outra visão sobre as coisas, muitas vezes a falta de informação sobre determinado assunto é o que faz daquilo um problema.

BIBLIOGRAFIA

http://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/paciente-com-doenca-cronica-deve-aprender-gerenciar-seu-tratamento.html

http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-cronicas-nao-transmissiveis/dcnt.html

https://blogs.atribuna.com.br/maissaude/2018/03/voce-nao-conhece-as-doencas-cronicas-nao-transmissiveis-sao-as-doencas-que-mais-matam-no-mundo-todo/

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (131.8 Kb)   docx (45.9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com