TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O conceito de princípios de contabilidade

Por:   •  1/11/2013  •  Tese  •  2.683 Palavras (11 Páginas)  •  158 Visualizações

Página 1 de 11

Sumário:

1. Introdução

1.0 Definições Conceituais dos Princípios da Contabilidade

1.1 Entidade

1.2 Continuidade

1.3 Regime de Competência

2. Regime de Apuração

2.1 Regime de Caixa

2.2 Regime de Competência

3. Métodos de Avaliação de Estoque (Conceitos)

3.1 PEPS

3.2 UEPS

3.3 MÉDIO

3.4 Considerações Finais de Métodos de Controle de Estoque

4. Operações com Mercadorias e Impostos

4.1 Reconhecimento da Receita

4.2 Deduções Receita

4.3 Impostos e contribuições na compra e venda (ICMS, PIS E CONFINS)

5. Operações Financeiras

5.1 Capitalização Composta

6. Demonstrações Contábeis

6.1 Demonstrações Contábeis Obrigatórias (BP E DRE)

7. Contabilidade e Perspectivas

7.1 Tendências da Contabilidade

8.Conclusão

9.Referências

1. Introdução

Contabilidade Comercial, esse trabalho abordará algumas teorias conceituais que embasam a Contabilidade Comercial tais como:

Definições Conceituais dos Princípios de Contabilidade, entidade, continuidade e competência.

Regime de Apuração: Caixa e Competência

Métodos de Avaliação de Estoques (Conceitos): PEPS, UEPS e Custo Médio Ponderado.

Operações com Mercadorias e Impostos: Reconhecimento da Receita, Deduções da Receita, Impostos e contribuições na compra e na venda (ICMV, PIS, COFINS).

Operações Financeiras: Capitalização Composta e Taxas Equivalentes.

Demonstrações Contábeis: Demonstrações contábeis obrigatórias (Balanço Patrimonial e DRE).

Contabilidade e suas Perspectivas: Tendências da Contabilidade.

1. Definições Conceituais dos Princípios da Contabilidade:

1.1 Entidade: A contabilidade é mantida para as entidades; os sócios ou quotistas destas não se confundem, para efeito contábil com aquelas. Imagine um pequeno comércio cujo único dono pega o dinheiro na caixa registradora da empresa. A contabilidade deverá registrar o empréstimo da empresa a seu único dono. Em resumo: o caixa da empresa não é dos donos, sócios ou quotistas, mas da entidade.

1.2 Continuidade: Para a contabilidade, a entidade é um organismo vivo que irá viver (operar) por um longo período de tempo (indeterminado), até que surjam fortes evidências em contrario. Quando se constitui uma empresa espera-se que ela tenha vida infinita. Tal admissão (vida útil indeterminada) permite registrar os fatos contábeis, as transações contábeis a valores de entrada, ou seja, o preço registrado no momento da transação, e não a valores de saída o que seria uma espécie de liquidação da empresa.

1.3 Regime de Competência: Princípio fundamental da Contabilidade a fim de atingir suas objetivas demonstrações contábeis é preparado conforme o regime contábil de competência. Segundo esse regime, os efeitos das transações e outros eventos são reconhecidos quando ocorrem ( e não quando caixa ou outros recurso financeiros são recebidos ou pagos) e são lançados nos registros contábeis e reportados nas demonstrações contábeis dos períodos a que se referem. As demonstrações contábeis preparadas pelo regime de competência informam os usuários não somente sobre transações passadas envolvendo o pagamento e recebimento de

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.3 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com