TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Direito Empresarial

Por:   •  1/7/2021  •  Trabalho acadêmico  •  722 Palavras (3 Páginas)  •  16 Visualizações

Página 1 de 3

Questão 1

Código de Processo Civil, cumprindo com a exposição de motivos, simplificou os procedimentos no processo de conhecimento, prevendo somente o procedimento especial e o comum. Especificamente quanto ao procedimento comum, o juiz, ao analisar a petição inicial, isto é, ao realizar o juízo de admissibilidade, poderá tomar uma de 4 posturas.

a) Indique as 4 posturas do juiz no juízo de admissibilidade:

R: Primeiramente o juiz poderá declarar o seu impedimento ou suspeição para atuar no processo quando se enquadrar em alguma das hipóteses previstas nos arts. 144 e 145 do CPC. Nesse caso, o juiz se declarará impedido ou suspeito e remeterá os autos para o juiz substituto.

O juiz também poderá determinar a emenda da inicial caso a mesma não preencha todos os requisitos exigidos nos art. 319 e 320 do CPC, ou apresente defeitos e irregularidades que impeça ou dificulte a análise e consequente resolução do mérito. Nesse caso, nos termos do art. 321 do CPC, ele irá intimar o autor, concedendo-lhe um prazo de 15 dias para que possa sanar os vícios apontados.

Outra postura que o juiz poderá tomar, é a do deferimento da petição inicial sempre que ela preencher todos os requisitos e não for caso de improcedência liminar do pedido. Conforme art. 334 do CPC, ele designará audiência de conciliação ou de mediação, determinando a citação do réu com pelo menos 20 dias de antecedência.

Por fim, o juiz também poderá indeferir a petição inicial nos seguintes casos:

  1. Quando oportunizado o prazo para emenda, de que trata o art. 321 do CPC, para sanar os vícios, o autor permanecer inerte, incorrendo no não preenchimentos dos requisitos previstos nos arts. 106, 319 e 320 da petição inicial.
  2. Quando a petição inicial for inepta, nos termos do art. 330, I, § 1º, I à IV do CPC;
  3. Quando o autor não tiver legitimidade para postular ou houver falta de interesse nos termos do art. 330, II e II do CPC

Nesses casos, em que houver o indeferimento da petição inicial, o juiz determinará a extinção do processo sem resolução de mérito.

b) Poderá o juiz, antes mesmo de citar o réu, extinguir o processo? Nesse caso com ou sem resolução do mérito?

R: Poderá haver extinção do processo sem a citação réu, quando o autor for intimado para emendar a inicial e permanecer inerte, deixando sanar os vícios apontados pelo juiz. Nesse caso, após o exaurimento do prazo sem que tenha havido a manifestação do autor, a petição inicial será indeferida, nos termos do parágrafo único do art. 321 do CPC, e o processo será extinto sem resolução de mérito.

c) Caso haja extinção, qual seria o recurso? Cite uma especialidade dele.

R: Havendo extinção do processo, caberá recurso de apelação nos termos do art. 1.009, caput, do CPC. O recurso de apelação é cabível das sentenças com ou sem resolução de mérito e deverá ser interposto sempre que a parte não concordar com os termos da sentença ou quando objetivar modificar decisões que foram proferidas no curso do processo e não puderam ser sanadas por meio do recurso agravo de instrumento, devendo ser suscitas em sede de apelação eventualmente interposta contra decisão final ou nas contrarrazões.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.5 Kb)   pdf (30.1 Kb)   docx (8.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com