TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Caso Toyota- Trabalho De Empreendedorismo

Trabalho Escolar: Caso Toyota- Trabalho De Empreendedorismo. Pesquise 861.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  17/8/2013  •  3.075 Palavras (13 Páginas)  •  1.734 Visualizações

Página 1 de 13

1 INTRODUÇÃO

O sucesso da montadora Toyota está ligado às raízes da Administração Científica com Taylor, Ford e Fayol, no que diz respeito à linha de produção, o chamado “chão de fábrica”. Fazendo uma comparação entre a Toyota de hoje e o Taylorismo empregado na FORD, durante a Administração Científica, é possível observar a semelhança na questão da definição do tempo padrão em que a Toyota define em suas tarefas através de um cronômetro.

Na segunda fase do Taylorismo, também é possível encontrar semelhanças como a aplicação de métodos de pesquisa para melhorar a execução das tarefas, empregados cientificamente selecionados e treinados e manter uma atmosfera íntima e cordial entre a administração e os trabalhadores. Contudo, os métodos são mais evoluídos e adaptados aos dias atuais.

Em se tratando de Henry Ford, a Toyota herdou sua principal filosofia, a qualidade, que segundo o Sr. Watanabe é a principal fórmula para a Toyota se tornar líder mundial no mercado, pois para o presidente, é preciso produzir de acordo com os atuais pilares: estoque zero, melhoria contínua e a qualidade na fabricação. Sendo assim, toda a filosofia da Toyota é voltada para a manutenção e desenvolvimento dos pilares, pois todos os colaboradores realmente conhecem toda a empresa, bem como sua política.

É possível concretizar que a Toyota utiliza-se de técnicas de gestão da Administração Científica. Contudo, adaptadas à atual realidade. Por outro lado, muita evolução no sistema de gerenciamento trouxe a Toyota ao topo, pois o sistema de recrutamento e seleção, cultura organizacional e os três pilares (estoque zero, melhoria contínua e a qualidade na fabricação) são de fundamental importância para o atual desempenho da montadora.

No presente trabalho será apresentada a historia da Toyota, uma empresa de 1937 que se mantém no mercado ate hoje. O objetivo é o estudo do exemplo de sucesso da empresa e da visão empreendedora dos seus sócios.

2 HISTÓRIA DA TOYOTA

A marca japonesa Toyota foi fundada em 1937 por Kiichiro Toyoda. Mas a história da Toyota remonta a 1919 aquando da fundação da Toyoda Spinning and Weaving Company por Sakichi Toyoda, pai de Kiichiro. Sakichi Toyoda foi o responsável pela invenção da primeira máquina eléctrica de fiar do Japão.

Em 1924 com a ajuda do seu filho, Sakichi Toyoda produziu uma máquina de fiar totalmente automática. Dois anos depois o nome da marca é alterado para Toyoda Automatic Loom Works. Em 1933 depois de incentivos do governo japonês, Kiichiro Toyoda cria uma divisão automóvel, utilizando como financiamento a venda dos direitos da patente sobre a máquina de fiar automática. Em 1936 começa a produção do Toyota Modelo AA e um ano mais tarde é fundada a Toyota Motor Company.

Com o início da II Guerra Mundial a Toyota começou a produzir camiões militares para o exército japonês, regressando à produção automóvel, apenas no final da guerra. Para isso lançou em 1947 o Toyota Modelo SA. Em 1957 a Toyota aventura-se no mercado americano com o Toyota Crown e em 1963 no mercado europeu.

Em 1966 é lançado a primeira geração do Toyota Corolla. Com este modelo a Toyota começa a adquirir boa reputação pela qualidade de construção e consegue também um bom volume de vendas no mercado americano. Em 1967 a Toyota cria uma parceria com a Daihatsu para produção de automóveis.

Com a crise petrolífera de 1973 as marcas americanas não conseguiram dar uma resposta rápida face às novas leis de emissões de gases poluentes. A Toyota aproveitou por isso para aumentar em grande número as suas vendas nos Estados Unidos, visto que os seus automóveis já eram produzidos tendo em vista a economia de combustível.

A Toyota aventurou-se no rally na década de 70 com um Toyota Corolla WRC, mas foi com um Toyota Celica que a Toyota conseguiu vencer o seu primeiro campeonato em 1990 (a Toyota abandonaria o rally em 1999).

Em 1980 a Toyota atinge os 30 milhões de unidades produzidas e em 1989 lança uma nova marca, a sua divisão de luxo Lexus. Com o início da década de 90 a Toyota começa a adicionar mais modelos e mais automóveis luxuosos à sua gama.

Em 1997 a Toyota é a primeira marca a produzir em série um automóvel híbrido: o Toyota Prius. Este modelo recorre a um motor a gasolina e baterias eléctricas. O Toyota Prius tornou-se um enorme sucesso de vendas, principalmente nos Estados Unidos, sendo o automóvel híbrido mais vendido. Este automóvel é capaz de realizar consumos muito baixos e um reduzido nível de emissões para a atmosfera.

Em 1999 a Toyota atinge os 100 milhões de unidades produzidas. Em 2003 a Toyota lança uma nova marca: a Scion e em 2005 adquire 8.7% da FHI empresa produtora da Subaru e em 2006 adquire 5.9% da Izuzu.

3 CASO DE SUCESSO DA TOYOTA

Não há como falar da Toyota sem mencionar os feitos da família Toyoda. No final do século XIX, quando o Japão dava início ao seu processo de modernização, Sakichi Toyoda procurava maneiras de melhorar o tear manual. Ele vivia em um pequeno povoado no qual as mulheres trabalhavam com esse objeto e procurou usar de sua habilidade com carpintaria para facilitar o trabalho da mãe. Foi depois de muito trabalho e de ter criado o tear elétrico que, em 1924, ele criou o primeiro tear automático com a ajuda do seu filho Kiichiro, revolucionando a indústria têxtil do país com sua visão inovadora. Os teares Toyoda ganharam mercado por apresentarem preços menores e assim começaram a ser exportados.

Sakichi e suas empresas sofreram com as crises econômicas vividas pelo Japão devido às guerras pelas quais o país passou. Mas o espírito empreendedor e criativo que Kiichiro herdou do pai não permitiu que o sucesso da família parasse. Kiichiro viajou aos Estados Unidos e à Europa, na década de 20, em busca de novidades. Nessas viagens, ele pôde entrar em contato com a indústria automotiva.

Por se tratar ainda de algo bastante novo no mercado, esse setor atraiu o senso inovador de Kiichiro. Depois de um ano da morte de seu pai, ele começou a trabalhar no desenvolvimento de motores de combustão movidos à gasolina. Pouco tempo depois, ele conseguiu produzir o primeiro protótipo de um caminhão e de um automóvel com a renda conseguida na venda da patente do tear automático que seu

...

Baixar como (para membros premium)  txt (19.1 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com