TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Investindo em Mídias Sociais, Vídeos e Dispositivos Móveis

Por:   •  22/4/2019  •  Artigo  •  584 Palavras (3 Páginas)  •  170 Visualizações

Página 1 de 3

[pic 2]

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING EM MÍDIAS DIGITAIS

FICHAMENTO DE ESTUDO DE CASO

CLÁUDIA SILVA

TRABALHO DA DISCIPLINA MÉTRICAS E MONITORAMENTO

TUTOR: PROF. JONAS DA SILVA ABREU

RIO DE JANEIRO

2017.2

Estudo de Caso: 

SEPHORA DIRECT

Investindo em Mídias Sociais, Vídeos e Dispositivos Móveis

REFERÊNCIA: Harvard Business School. Elie Ofek. Alison Berkley Wagonfeld . Sephora Direct: investindo em Mídias Sociais, Vídeo e Dispositvos Móveis- 9-511-137. REV: 25 de junho de 2012

IDEIA DOS AUTORES

Os autores propõem uma análise sobre o poder de crescimento da Sephora junto às suas clientes em função do alto nível de relacionamento entre ambas que foi adquirido por meio das mídias digitais.

Além disso, demonstram no texto a capacidade que a Sephora teve para experimentar todas as redes sociais a fim de descobrir novas formas de relacionamento com suas clientes.

Os autores mostram que foi experimentando as mídias digitais que a  Sephora pode tomar decisões bem embasadas para suas ações de marketing que deram certo.

E que toda essa experiência daria subsídio para que houvesse a possibilidade de dobrar o orçamento em mídias sociais daquele ano que era o que buscava a vice-presidente sênior da Sephora Direct, Julie Bornstein.

CRÍTICA DO ALUNO

A Sephora mostrou-se empenhada na função de fazer-se cada vez mais próxima e íntima das clientes e tinha como principal facilitadora a Internet.

O investimento financeiro, de tempo e de dedicação por parte da Sephora, em relação às redes sociais, mostraram uma empresa que tinha a pretensão de se solidificar, aumentar a confiança e manter a mesma imagem “vibrante e que encorajava os testes e experimentação também no mundo virtual criando no subconsciente das pessoas a vontade de experimentar e passar suas sensações.

A Sephora criou um ambiente de demonstrações de sentimentos e compartilhamento de ideias, de interação por parte de suas clientes e, isso, foi uma ferramenta mais do que fundamental para alavancar o marketing positivo da empresa.

Quanto mais pessoas tinham a chance de falar sobre seus produtos mais eles apareciam no cenário mercadológico. Ou seja, a Sephora criou um mundo a parte de “influenciadoras” comuns que ajudavam a alavancar a imagem da empresa. E foram as mídias sociais que possibilitaram essa aproximação entre Sephora e suas clientes e oportunidade de ouví-las cada vez mais.

Além de, claro, não perder de vista o papel fundamental que é o de captar novos clientes, sedimentar os já existentes e trazer para o cenário da Sephora mulheres que ainda não haviam tido a oportunidade de conhecer seus conceitos e produtos.

A oportunidade que a Sephora gerava para que cada cliente demonstrasse seu nível de satisfação e recebesse feedbacks direcionados foi crucial para sedimentar a confiança que as pessoas tinham na empresa.

Dar voz ao cliente e ouvi-lo para as tomadas de decisões foi um ponto favorável para a sedimentação da Sephora no mercado de beleza.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.9 Kb)   pdf (114.2 Kb)   docx (45.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com