TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Namorar é Coisa Do Passado

Por:   •  18/2/2013  •  4.122 Palavras (17 Páginas)  •  479 Visualizações

Página 1 de 17

“Namorar é coisa do passado?”

DESENVOLVIMENTO

Para começo de conversa

A sociedade atual está em constante mutação. Termos novos são criados, termos antigos são reinterpretados. Não há verdades absolutas e sim opiniões e verdades particulares. “Cada ser é um universo”, dizem, e todos devem criar para si os seus próprios padrões e verdades.

Consequentemente, jovens e adolescentes estão sendo formados nesta sociedade mutante. Os conceitos aprendidos em família, por serem frágeis e apenas nominais, não sobrevivem à avalanche de deseducação encabeçada pela mídia e pelos formadores de opinião. Isto é igualmente válido para o lado afetivo do jovem, portanto, antes de respondermos a pergunta tema deste Retiro, quero convidá-los a uma reflexão sobre alguns assuntos que julgo importantes e propícios para serem discutidos e, ao final, juntos, responderemos o questionamento: “Namorar é coisa do passado?”.

Não é bom sermos sós

“Depois o SENHOR disse: — Não é bom que o homem viva sozinho. Vou fazer para ele alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade”

Gn 2.18

Não levou muito tempo para que Deus determinasse: “... Não é bom que o homem viva sozinho. Vou fazer para ele alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade”.

O motivo principal da criação da mulher, de onde a humanidade criada por Deus passa a se constituir família, foi a solidão. O homem foi criado por Deus com uma dependência inata de relacionamento, uma necessidade genética de comunicação e por isso estava insatisfeito. Algo não estava bom. Faltava-lhe companhia e Deus lhe fez uma companheira. O problema nativo do coração humano é a solidão. A falta de Deus é claro, e a falta de um companheiro.

Ainda que Adão fosse um macho, sobre quem Deus disse que a solidão “não era boa”, isso também é verdadeiro quanto às mulheres. Assim, tivesse Deus decidido fazer a mulher primeiro, ainda haveria a necessidade de um parceiro adequado para ela.

“A natureza complementar do homem e da mulher visa uma cooperação enriquecedora (Gn 2.18-23) que pode ser expressa não só no casamento e na vida familiar, mas uma escola para aprender a prática da alegria do apreço mútuo, da honra do serviço e da fidelidade”. (Bíblia Estudo Genebra).

“Descobri que na vida existe mais uma coisa que não vale a pena: é o homem viver sozinho, sem amigos, sem filhos, sem irmãos, sempre trabalhando e nunca satisfeito com a riqueza que tem. Para que é que ele trabalha tanto, deixando de aproveitar as coisas boas da vida? Isso também é ilusão, é uma triste maneira de viver. É melhor haver dois do que um, porque duas pessoas trabalhando juntas podem ganhar muito mais. Se uma delas cai, a outra a ajuda a se levantar. Mas, se alguém está sozinho e cai, fica em má situação porque não tem ninguém que o ajude a se levantar. Se faz frio, dois podem dormir juntos e se esquentar; mas um sozinho, como é que vai se esquentar?” Ec 4.7-11.

A companhia fortalece. Sós, homem e mulher estão sempre divididos, enfraquecidos, fragilizados. Quando se juntam se tornam fortes.

Deus, ao desenhar um projeto tão bom e perfeito, estabeleceu o papel que cada um dos membros da família deveria executar. A família é o projeto social de Deus. É a solução de Deus para por fim à solidão do homem.

Dinâmica: Em grupos de 5 pessoas, ler Ec 2, destacando e anotando aquilo que mais lhes chama a atenção para compartilhar com todo o grupo.

Penso que deste capítulo podemos abstrair que prata, ouro, relacionamento promiscuo tudo é ilusão, não têm proveito algum, é como correr atrás do vento, não se ganha nada com esses prazeres momentâneos, a não ser desgostos e preocupações.

“Salomão ensina... neste livro, contra a má vontade e a tentação, a sermos pacientes e constantes na obediência. Ensina-nos a sempre aguardar pela horinha certa com paz e alegria, e a deixar de lado tudo aquilo que não podemos manter nem mudar” (Lutero, Obras Selecionadas 8.38-39).

Ouvir os grupos!!!

Namoro ou amizade com benefícios?

É fato que nos dias atuais jovens e adolescentes buscam desenfreadamente um relacionamento sentimental. A necessidade de se estar com alguém (não importa quem) é tão grande que a maioria das vezes o resultado é: “dois corações estraçalhados e muitas feridas que normalmente demoram a ser cicatrizadas”.

Uma pesquisa concluiu que entre os adolescentes “amizade com benefícios” significa: namorar de brincadeira,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (24.6 Kb)  
Continuar por mais 16 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com