TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Agua No Terceiro Milenio

Por:   •  10/4/2013  •  381 Palavras (2 Páginas)  •  698 Visualizações

Página 1 de 2

ÁGUA NO TERCEIRO MILÊNIO

A sociedade começa a perceber (com atraso) a necessidade de preservarmos a água, o bem mais valioso da Humanidade. Desde que existimos até hoje a água é a mesma. E desde então o ser humano vem desperdiçando, ameaçando sua própria sobrevivência. Rios e mananciais foram sendo destruídos ao longo dos tempos.Só agora, ainda que de forma tímida, diante da importância do tema, começam a surgir as primeiras iniciativas, não só de preservação, mas também de reuso da água.

O Brasil é previlegiado neste aspecto e por isso tem uma imensa responsabilidade com o futuro. Basta pegar o exemplo de Holanda que por absoluta necessidade, chegam a tratar a mesma água 14 vezes. É isso mesmo. Por 14 vezes, a água vira esgoto e volta a virar água para consumo. O mesmo problema começa a aparecer em São Paulo, que já não tem mais onde buscar água. Razão de a Sabesp já estar processando o esgoto e fornecendo a água resultante a consumidores industriais. Com isso, consegue afastar essas fábricas do consumo da água potável.É necessário que iniciativas assim se multipliquem pelo País e que o desperdício seja contido. A água começa a ser tratada como um bem econômico valioso.Estudiosos preveem que daqui a 50 anos faltará água potável. Que ironia para o ser humano que vive em um planeta composto por 2/3 de água. Lembrando que 2% da água da terra é doce, e o pior é que 5% dos 2% está poluída.

Há também estudos mostrando que sai muito mais barato o desenvolvimento de tecnologias de recuperação de água do que o fornecimento por transporte, como é feito atualmente, por exemplo, em áreas do Norte e Nordeste do Brasil. Num caminhão- pipa, o custo é de R$ 15,00 por metro cúbico. Em poços artesianos, mesmo com a água salobre ou imprópria, o tratamento poderia permitir o seu fornecimento a um custo de R$ 4,00 a R$ 5,00. São alternativas deste tipo que precisam ser encontradas.

O fundamental, no entanto, é a preservação. Um dos pressupostos da ecologia é exatamente conter o desperdício. E, muitas vezes, o mau exemplo vem de quem deveria estar ensinando a economizar, a preservar. É preciso agir a favor do planeta, e é agora.

Referências Bibliográficas:

Jornal Estado de Minas

Revista Veja

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com