TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Centro de Assistência Social de Referência

Por:   •  14/5/2014  •  Projeto de pesquisa  •  1.057 Palavras (5 Páginas)  •  169 Visualizações

Página 1 de 5

Apresentação

Este projeto aborda a importância das atividades físicas, recreativas e de lazer para a qualidade de vida na terceira idade que será executado no Centro de Referência de Assistência Social - CRAS, que esta localizada na Avenida Cleriston Andrade nº 743 Centro de, Ibipitanga – Bahia. O CRAS, de Ibipitanga, foi fundado em Julho de 2007, a primeira assistente social a trabalhar no CRAS foi Maria do Carmo Guedes Matos. O CRAS de Ibipitanga - BA funciona de Segunda a sexta-feira das 08h00min ás 17:00 horas, atendendo cerca de 65 pessoas por dia, mas ele trabalha fornecendo assistência para cerca de 14.000 habitantes.

Dentro das atividades desenvolvidas no estágio este projeto tem como público alvo as pessoas idosas cadrasdrada na CRAS de Ibipitangfa, logo sendo este o campo de estágio que será feita a elaboração e execução deste projeto viver a melhor idade serão abortadas e trabalhadas atividades que possibilitam uma vida melhor , como, práticas de exercícios físicos, prevenção da saúde e atividades físicas.

Esta projeto reunimos um grupo de pessoas da terceira idade, com a finalidade de orientá-los sobre os direitos sócio-assistenciais deles, esclarecer dúvidas sobre saúde, atividades físicas, cuidados com as doenças específicas da terceira idade, além de trazer a possibilidade de intercâmbio de troca de informações e conhecimentos, promovendo melhorar a qualidade de vida do idoso, através de planejamento e estratégias de atendimento Espera-se por meio deste projeto proporcionar à comunidade dessa faixa etária a possibilidade de uma melhor qualidade de vida, através de planejamento e estratégias de atendimento a pessoas idosas, implantando ações preconizadas pelo Plano de Ação Integrada para o Desenvolvimento da Política Municipal do Idoso, em busca da inclusão social do mesmo.

. 2-justificativa

A chegada à Terceira Idade traz consigo limitações sobre um corpo já muito vivido. Já não se tem a mesma vitalidade, a rapidez dos movimentos e do raciocínio, a mesma coordenação motora da época da juventude, Há mais tempo disponível, mas os idosos não sabem o que fazer como ele.

O tempo é um fator decisivo na transformação da realidade, da sociedade e do próprio homem. A velhice surge, atualmente, como uma vitória sobre o tempo, tempo que se transforma em muitos anos de vida.

A população idosa que até então consistia em uma minoria e era esquecida em função de outras faixas etárias, passou a ser alvo de preocupação e atenção de vários grupos. Essa preocupante realidade exige soluções em diversas áreas, pois diferentes são as necessidades dessas pessoas, e cada vez mais está buscando dar novo sentido e significado a essa nova etapa do curso de vida.

Faz-se necessário uma concentração de esforços nas diferentes áreas profissionais, objetivando um maior conhecimento sobre o fenômeno do envelhecimento, e principalmente como envelhecer de forma saudável priorizando esses esforços na manutenção da independência e autonomia do indivíduo. Sabe-se que inatividade é o elemento que mais compromete a qualidade de vida na terceira idade.

Diante da importância social em que o homem é levado a pensar, reconhecer as políticas sociais voltadas para o idoso é afirmar uma melhor qualidade de vida para o cidadão. Deste modo, dirigimos uma discussão entre a qualidade de vida dos idosos e o projeto Melhor Idade. Assim, este projeto adota a proposta de melhorar a qualidade de vida dos usuários. O projeto pretende trazer melhorias para o Programa Melhor Idade, proporcionando aos idosos de nosso município de Ibipitanga uma melhor qualidade de vida

3- Objetivo

3-1 objetivo geral: Proporcionar atividades físicas em diferentes modalidades, com abordagem recreativa. Ofertar aos idosos do CRAS do município de Ibipitanga, a oportunidade de cuidar de sua saúde e de se socializar, através da participação em um ou mais grupos de atividades multidisciplinares, estando na faixa etária de 60 anos, visando à melhora da qualidade de vida.

3-2 Objetivo especifico:

Ajudar a minimizar os efeitos negativos que a velhice causa no idoso (desvalorização física, econômica e social).

Incentivar momentos de descontração, de interação entre grupos, de desinibição, de socialização, atividades interessantes, desafiantes e que levam as novas descobertas.

Auxiliar no desenvolvimento de métodos e procedimentos adequados para o trabalho de atividades físicas com idosos como: caminhada, ginástica localizada, jogos recreativos, exercícios de coordenação (atenção e destreza motora).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.2 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com