TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Jogos Na Educação Infantil

Pesquisas Acadêmicas: Jogos Na Educação Infantil. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/10/2013  •  1.290 Palavras (6 Páginas)  •  465 Visualizações

Página 1 de 6

INTRODUÇÃO

A educação infantil é um nível muito importante para a criança, pois é nela que acontecem as maiores transformações tanto em seu corpo como em sua mente. Mas será que a criança é vista como um ser em transformação ou apenas como um adulto em miniatura?

Os jogos devem sempre estar presentes nas salas de aula porem sempre com a presença do professor. O professor deve buscar saber mais sobre as teorias dos jogos, quais os tipos e qual a importância deles.

A linguagem deve ser muito incentivada pelo professor, pois a criança aprende o que ele escuta ou vê. Muitas crianças costumam cometer erro principalmente na fala, mas que podem ser corrigidos.

Para que tudo isso ocorra de maneira que satisfaça a todos é necessário um bom planejamento e uma avaliação de qualidade.

DESENVOLVIMENTO

A infância é um período que vai aproximadamente desde o nascimento até o décimo segundo ano de vida. Período este marcado por um forte desenvolvimento físico, com grande crescimento da altura e do peso da criança, mas acima disso, é um período de grande crescimento psicológico.

No passado a criança era vista apenas como um adulto em miniatura, mas com o passar do tempo e com a formação do ECA- estatuto da criança e do adolescente e do RCNEI- Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil, muitas foram as mudanças entre elas o direito a educação:

O direito a educação, garantido no artigo 53 do estatuto da criança e do adolescente, tem por finalidade o pleno desenvolvimento da criança e do adolescente, o preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho. Assim o acesso a educação surge como um fator de transformação social, visando o combate a exclusão social. (Renata Flores Tibyriça, 2006)

Embora em muitas situações ainda utilize-se o modelo antigo onde há um profissional para educar e outro para cuidar, este fato contraria o RCNEI que afirma que o cuidar e o educar devem estar sempre juntos.

A hora do banho da alimentação e do soninho são momentos em que o profissional pode cuidar e ao mesmo tempo educar.

É de grande importância a parceria de todos para o bem estar do educando. Cuidar e educar envolve dedicação, cooperação, amor e acima de tudo planejamento.

Ao planejar as atividades pedagógicas o professor pensa e organiza o que vai fazer durante a aula. Cabe ao educador pesquisar o desenvolvimento infantil, a fim de poder organizar as aulas onde as crianças podem participar com criatividade e prazer em cada uma das etapas de sua vida.

Segundo e RCNEI os princípios de um planejamento para um trabalho de qualidade são:

- respeito a dignidade e aos direitos das crianças, consideradas nas suas diferenças individuais, sociais, econômicas, culturais , étnicas, religiosas etc...

- direito das crianças de brincar, como forma particular de expressão, pensamento, interação e comunicação infantil.

- acesso das crianças aos bens socioculturais disponíveis, ampliando o desenvolvimento das capacidades relativas a expressão, a comunicação, a interação social, ao pensamento, a ética e a estética.

- a socialização das crianças por meio de sua participação e inserção nas mais diversificadas praticas sociais, sem discriminação de espécie alguma.

- atendimento aos cuidados essenciais associados a sobrevivência e ao desenvolvimento de sua identidade. (Brasil, 1998. v.1, p.2)

Durante o processo de avaliação todos – professores/ recreadores, coordenação pedagógica, direção, equipe de apoio e administrativa, crianças e responsáveis – devem estar comprometidos com a avaliação.

O professor deve levar em consideração, durante a avaliação, alguns pontos como:

- Hábitos e atitudes: saber se a criança relaciona-se bem ou está sempre atento na sala de aula.

- Linguagem: Entende bem o que lhe é falado e articula bem as palavras.

- Desenvolvimento cognitivo: Apresenta bom raciocínio matemático ou compõe um quebra cabeça.

- Desenvolvimento psicomotor: consegue movimentar-se bem (correr, pular, andar, arrastar).

O modelo de avaliação deve ser o modelo de avaliação formativa, pois ela não incentiva a utilização de notas ou conceitos, mas sim uma avaliação baseada nos fracassos e erros, a fim de compreender para melhorar.

A utilização dos portfólios como meio de avaliação é de fundamental importância, pois eles registram muitos fatos e acontecimentos durante as aulas e até mesmo fora delas.

Ao tratarmos do desenvolvimento da criança não podemos esquecer que toda a criança deve brincar. E o fato não deve ser dispensado nas creches e pré-escolas. A ludicidade palavra derivada de lúdico do latim “lutus” que quer dizer “jogo”, mas que significa todas as brincadeiras.

Os jogos podem ser classificados em:

Funcionais: bater palmas e outros destinados principalmente para bebes.

Ficcionais: inclui o faz de contas e a imitação e acontecem a partir do segundo ano de vida

Receptivos: envolve as diferenças de conceitos.

Construtivos: utiliza-se blocos,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.3 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com