TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Trabalho de Ciências

Por:   •  11/10/2020  •  Relatório de pesquisa  •  2.935 Palavras (12 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 12

Sistema Respiratório

Respiração

A respiração é um processo de grande importância para os seres vivos, pois é utilizada para retirar a energia dos alimentos.

É composto pelo conjunto de órgãos responsáveis por promover a respiração externa. Ele é formado principalmente pelos pulmões e pelos órgãos: cavidade nasal, faringe,  laringe,  traquéia  e  brônquios, responsáveis por fazer o transporte do oxigênio até as células.

No interior dos pulmões, acontece a troca gasosa de dióxido de carbono pelo oxigênio, denominada hematose pulmonar.  Sendo as sim, a principal função desse sistema é realizar a troca gasosa entre o meio ambiente e o organismo dos animais.  

O sistema respiratório é um sistema relacionado com a captação de oxigênio e liberação de gás carbônico para o meio ambiente.

O sistema respiratório pode ser dividido em duas partes: uma parte condutora e uma parte respiratória.

Fazem parte da condutora as fossas nasais, faringe, laringe, traquéia, brônquios, bronquíolos e bronquíolos terminais.

Fazem parte da porção respiratória os bronquíolos respiratórios, ductos alveolares e alvéolos (onde há as trocas gasosas).

Na parte respiratória ocorrem as trocas gasosas, ou seja, o oxigênio retirado do meio externo é disponibilizado para o sangue, e o gás carbônico entra no sistema respiratório para realizar o caminho inverso ao do oxigênio e ser eliminado para o meio ambiente.

A respiração acontece graças a dois movimentos respiratórios: a inspiração e expiração.

A respiração é dependente do centro respiratório no bulbo.

Órgãos do sistema respiratório

Os órgãos do sistema respiratório são: fossas nasais, faringe (nasofaringe), laringe, traquéia, brônquios, bronquíolos, alvéolos e pulmões.

[pic 1]

Cavidades nasais: primeiro local  por onde o ar passa. Nelas é possível observar três regiões: o vestíbulo, a área respiratória e a área olfatória. O vestíbulo é a parte anterior e dilatada das fossas nasais, a qual se comunica com o meio exterior. A região respiratória corresponde à maior parte das fossas nasais. Por fim, temos a área olfatória que corresponde à parte superior das fossas nasais.

Faringe: é um órgão musculomembranoso comum ao sistema digestório e respiratório.

Laringe: é um órgão tubular  que apresenta forma irregular e atua garantindo a conexão entre a faringe e a traquéia. Na laringe, é possível perceber a chamada epiglote, que nada mais é do que um prolongamento que se estende desse órgão em direção à faringe e evita que alimento adentre o sistema respiratório. Além da epiglote, encontramos na laringe a presença das chamadas pregas vocais, que são responsáveis pela produção de som.

Traquéia: é um tubo formado por anéis cartilaginosos. Esses anéis têm a função de manter a traquéia sempre aberta à passagem de ar, mesmo em um pequeno intervalo de tempo entre uma inspiração e uma expiração.  A traquéia ramifica-se dando origem a dois brônquios, denominados de brônquios e bronquíolos.

Brônquios: que levam e trazem o ar dos pulmões esquerdo e direito. Os dois  brônquios, sofrem muitas ramificações, formando tubos ainda mais finos, os bronquíolos.

Bronquíolos: são ramificações dos brônquios, não possuem cartilagem. Os bronquíolos respiratórios marcam a transição para a parte respiratória e abrem-se no chamado ducto alveolar.

Alvéolos pulmonares: são estruturas que fazem parte da última porção da árvore brônquica e estão localizadas no final dos ductos alveolares. Possui o formato de saco e é o local onde ocorrem as trocas gasosas entre o ar dos pulmões e o sangue, processo denominado hematose.

Hematose: é o gás oxigênio que se difunde a partir do ar que está dentro dos pulmões (alvéolos) para os capilares sanguíneos, dentro dos quais estão as células chamadas hemácias ou glóbulos vermelhos. Essas células são repletas de hemoglobina, que é uma molécula de proteína que atrai o oxigênio, formando o complexo oxi-hemoglobina.

  • Pulmões: são órgãos em formato de cone que apresentam consistência esponjosa e apresenta maior parte de seu parênquima formado pelos alvéolos, sendo estimada a presença de cerca de 300 milhões de alvéolos nos pulmões. Cada pulmão é revestido por uma membrana chamada de pleura.                                     

                                                                                                                              Alvéolos                          
 [pic 2][pic 3][pic 4]

                                                                                                                           

Como funciona o sistema respiratório

O sistema respiratório funciona garantindo a entrada e saída de ar do nosso corpo. O ar inicialmente entra pelas fossas nasais onde é umedecido, aquecido e filtrado. Ele então segue para a faringe, posteriormente para laringe e para a traquéia. A traquéia ramifica-se em dois brônquios dando acessos aos pulmões. O ar segue, então, dos brônquios para os bronquíolos e finalmente chega

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.9 Kb)   pdf (747.4 Kb)   docx (1.3 Mb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com