TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS COMO APOIO AO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÕES.

Trabalho Universitário: ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS COMO APOIO AO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÕES.. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  18/11/2013  •  1.164 Palavras (5 Páginas)  •  1.097 Visualizações

Página 1 de 5

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS COMO APOIO AO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÕES.

SÃO PAULO – 2013

I- Etapa

Respostas a um conjunto de questões previamente elaboradas;

QUESTÕES:

01 – Qual é a importância do Crédito como impulsionador da economia de um país?

A importância do credito no Brasil é comprovada pela sua direta correlação entre o crescimento das concessões de crédito e o aumento do consumo, especialmente no segmento de bens duráveis e construção.Análise de Crédito é o momento no qual o agente cedente irá avaliar o potencial de retorno do tomador do crédito, bem como, os riscos inerentes à concessão. Tal procedimento é realizado, também, com o objetivo de ser possível identificar os clientes que futuramente poderão não honrar com suas obrigações, acarretando uma situação de risco de caixa à organização.

02 – Como está a concessão do crédito atualmente no país, com relação as taxas de juros cobradas pelo mercado financeiro e sua importância no crescimento do emprego no país?

Desde a crise de 2008, o governo lançou mão de medidas de estímulo ao crédito de forma consistente nestes últimos anos. Tem direcionado os bancos privados a facilitarem o crédito e baixarem os juros seguindo os passos dos bancos públicos. O que acarretou no grande aumento da tomada de crédito pelo mercado. Analisando o crescimento anual do saldo de crédito por atividade econômica, é possível mapear para ode tem ido tantos recursos.Apesar de estarem perdendo levemente seu ímpeto, os empréstimos imobiliários seguem aumentando a taxas anuais acima de 30%. O rural vem crescendo significativamente, enquanto o crédito direcionado à indústria se mantém com incremento ao redor de 10% ao ano. O destaque fica com o crédito concedido ao setor público, isto é, empréstimos a governos federal e estaduais e empresas estatais. É claro que somente os bancos públicos estão surfando essa onda. Banqueiro privado nenhum quer correr esse risco.

O grande oferta de crédito empurrou a economia e fez com que houvesse aquecimento e aumento, também, na oferta de empregos. Mas nos últimos,pela facilidade, muitas pessoas comprometeram suas rendas no pagamento do crédito adquirido. Isso retrai a economia e apesar dos juros continuarem caindo, hoje, a oferta de crédito é maior do que a demanda.

03 – Porque as empresas necessitam de um Analista que tenha conhecimentos contábeis na atividade de Análise das Demonstrações Financeiras?

Porque o Analista deverá analisar o mercado financeiro e verificar todo tipo de movimentação que a empresa teve em um determinado período, dessa forma, ele conseguirá verificar através de suas demonstrações realizáveis por peças contábeis, que irão lhe fornecer informações da situação financeira, podendo assim, apontar seus pontos de melhorias, verificar durante o período onde houve um desequilíbrio e trabalhar para ajustar as falhas.

04 – As empresas adotam na concessão de crédito aos seus clientes Políticas de Crédito, dentre as quais destacamos: Política de Crédito Rígida e Política de Crédito Liberal, explique quais são as variáveis financeiras que devem suportar cada uma delas, explicando o seu impacto para os recebíveis das empresas?

Para Ross, Westerfield & Jordan (1998), a escolha de uma política de crédito deve considerar a relação entre os benefícios decorrentes do aumento das vendas e os custos de concessão de crédito.

Uma empresa que adotar uma política de crédito restritiva terá uma escassez de crédito, e por isso haverá um custo de oportunidade. Este custo de oportunidade é o lucro adicional possível com as vendas perdidas porque o crédito é negado.

Já para Braga (1989), uma política de crédito rigorosa envolverá menores despesas com os departamentos de crédito e de cobrança, menores índices de atrasos e de perdas com duplicatas incobráveis, mas também menor volume de vendas. Alguns clientes que costumam liquidar suas duplicatas com atraso seriam rejeitados e provavelmente iriam comprar dos concorrentes.

Uma política de crédito liberal provocaria efeitos contrários. Certamente amplia o potencial de vendas, mas também acarreta maior investimento em duplicatas a receber, maior prazo médio de cobrança devido aos atrasos e maior porcentagem de perdas por inadimplência.

05- O risco de crédito pode ser definido como uma medida numérica de incerteza relacionada ao recebimento de um valor contratado a ser pago pelo tomador de um empréstimo. Com

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com