TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS Contabilidade Tributaria Etapa 1 E2 6ºperiodo

Pesquisas Acadêmicas: ATPS Contabilidade Tributaria Etapa 1 E2 6ºperiodo. Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/11/2014  •  745 Palavras (3 Páginas)  •  486 Visualizações

Página 1 de 3

Contabilidade Tributária

O autor relata seu ponto de vista sobre as empresas brasileiras de qualquer porte que estão sem exceção passando por um momento delicado no que diz respeito a obrigação tributária em geral, diante do aquecimento da economia interna. Pessoas sensíveis as crises financeiras dos últimos anos, vê como alternativa o mercado interno aquecido pelo governo e suas políticas progressistas para a sustentabilidade dos índices que notabilizam a economia brasileira. O momento é bastante delicado, devido as novas adequações inseridas na contabilidade brasileira que buscam reduzir a economia informal e a sonegação fiscal.

As empresas devem elaborar um Diagnostico Empresarial, que demonstre os pontos fortes e fracos de sua gestão, como por exemplo: Controles de estoque, custos e despesas, pesquisa de mercado e análise de viabilidade econômica entre vários outros.

As multas cobradas por informações de obrigações tributárias, alimentam um sistema que deverá identificar as evasões fiscais e os indébitos.

As fiscalizações serão informatizadas, com isso ocorre a inibição de negociatas que existiam, o modelo que exige transparência, precisa ainda de capacitação profissional para diminuir os riscos.

Na segunda parte do texto, ele diz que a contabilidade tributária compreende parte da contabilidade gerencial, voltada para identificação, tratamento e gerenciamento dos tributos nos fatos e atos contábeis que tendem a viabilizar o patrimônio da empresa no exercício de suas atividades. O conhecimento dos regulamentos, normativos e portarias são essenciais para o bom exercício dessa contabilidade.

O sistema de tributação quando facilita as obrigações tributárias através da tecnologia busca conter as evasões e reduzir os riscos.

Os gestores e profissionais não estão preparados para a adequação internacional na contabilidade brasileira na adoção dos princípios internacionais e com as inovações tributárias. Esse despreparo gerará grandes consequências. A exigência dos ajustes monetários chama a atenção do autor.

A seguir ele explica o Planejamento Estratégico Sustentável – PES, que representa um dos melhores instrumentos que devem ser utilizados por empresas, inserindo os recursos e seus respectivos resultados, pois qualquer investidor precisa de informações plausíveis de retorno do seu investimento. Dito isto, é uma maneira de melhor retratar a realidade da empresa, que vai além dos números aparentes, para tomar certas decisões estratégicas. A preocupação em entender e se adequar às mudanças, já se reflete na maneira como as empresas e os países mensuram seus resultados.

Partindo do pressuposto de que a existência das empresas não é fruto de um trabalho isolado, mas da interação destas com o ambiente que as cercam, chega-se a um ponto mais específico, o da responsabilidade social. Nos dias de hoje, existe uma preocupação crescente com a imagem da empresa perante a sociedade, que tem novas exigências quanto ao desempenho e a ética profissional, com o objetivo de promover uma melhor qualidade nas informações recebidas, extinguindo ações irresponsáveis.

Uma solução que atende parcialmente às demandas sociais das empresas é a utilização dos incentivos fiscais de Inclusão Social, esses incentivos ocorrem nas áreas social, cultural e esportiva, estabelecendo um reduzido teto de dedução dos impostos devidos.

O autor ainda demonstra muita preocupação com os profissionais de contabilidade, pois apesar dos esforços empreendidos, seu reflexos e consequências

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com