TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS Matematica-Pesquisa Da Empregabilidade No Brasil

Por:   •  2/11/2013  •  940 Palavras (4 Páginas)  •  225 Visualizações

Página 1 de 4

ETAPA 1

 Passo 1

 Pesquisa da empregabilidade no Brasil

De acordo com a pesquisa feita pelo IBGE mostra que em 2007, o contingente de desempregados nas seis regiões metropolitanas pesquisadas (Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo, Distrito Federal, Recife e Salvador) totaliza 3 milhões de pessoas. Se comparado ao ano de 2006, a pesquisa revela uma redução no índice de desemprego, cerca de 180 mil desempregados a menos.

(Veja a tabela abaixo as profissões com menos chances de emprego)

Profissões (Graduação) Ocupados

Filosofia 70.32 %

Biblioteconomia 71.91 %

Ciência e Estudos Sociais 72.89 %

Serviço Social 74.27 %

Artes 76.42 %

Teologia 79.83 %

Apesar do índice do IBGE apresentar uma redução geral do desemprego no País, ao tomarmos como base o universo das profissões que exigem nível superior, há áreas em que o mercado está saturado e a concorrência é grande, fatores que dificultam o encontro de vagas.

Coordenado pelo economista Marcelo Cortes Néri, o estudo indica que o mercado de trabalho é promissor em carreiras como Medicina, Engenharia, Economia e Administração. Estas áreas, além de concentrarem mais ofertas de emprego, oferecem maiores chances de o profissional se manter empregado.

(Veja a tabela abaixo as profissões com mais chances de emprego)

Profissões Ocupados

1° Medicina - Mestrado e doutorado 95.59 %

2° Medicina - Graduação 93.82 %

3° Engenharia - Mestrado e Doutorado 92.18 %

4° Odontologia - Graduação 91.72 %

5° Ciências Agrárias - Mestrado e Doutorado 91.14 %

6° Administração - Mestrado e Doutorado 90.57 %

7° Ciências da Computação - Graduação 90.57 %

8° Engenharia Mecânica - Graduação 90.07 %

9° Engenharia Civil 90.06 %

10° Engenharia elétrica e eletrônica-Graduação 89.03 %

11° Agronomia - Graduação 89.70 %

12° Ciências Econômicas e Contábeis Mestrado e Doutorado 89.67 %

De acordo com a pesquisa da FGV, no Brasil, os pós-graduandos lideram o ranking de empregabilidade e salário. Além da especialização contar pontos a favor do profissional, a jornada de trabalho estendida, de aproximadamente 52 horas semanais, é reconhecida e resulta em salários mais altos.

(Veja a tabela abaixo os maiores salários em Graduação, Pós-graduação, Mestrado e Doutorado).

Profissões Salários(R$)

Medicina - Mestrado e doutorado 8.966,07

Administração - Mestrado e Doutorado 8.012,10

Ciências Econômicas e Contábeis 7.085,24

Engenharia - Mestrado e Doutorado 6.938,39

Medicina - Graduação 6.705,82

Engenharia Mecânica - Graduação 5.576,49

Engenharia Civil 5.476,85

Engenharia elétrica e eletrônica-Graduação 5.231,07

Ciências Agrárias - Mestrado e Doutorado 5.028,37

Ciências Economias - Graduação 4.644,67

Odontologia - Graduação 4.075,63

Administração - Graduação 4.006,61

 As profissões mais valorizadas do Futuro até 2015

De acordo com o site G1, estudo Perspectivas Estruturais do Mercado de Trabalho na Indústria Brasileira - 2015 apontam quais serão as profissões mais procuradas até daqui a oito anos.

Engenharia de petróleo está no topo da lista das oportunidades e, em segundo lugar, aparece engenharia ambiental. Entre as atividades de nível superior, os analistas de sistemas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com