TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Abordagem Humanística Da Administração

Por:   •  17/10/2014  •  2.547 Palavras (11 Páginas)  •  202 Visualizações

Página 1 de 11

CAPÍTULO QUATRO

ABORDAGEM HUMANÍSTICA DA ADMINISTRAÇÃO

TEORIA DAS RELAÇÕES HUMANAS

- A EXPERIÊNCIA DE HAWTHORNE

Os Estudos Hawthorne tiveram início com base numa pesquisa que se realizou ente 1924. A finalidade da pesquisa era determinar a relação existente entre a intensidade de iluminação dos locais de trabalho e a eficiência dos trabalhadores, medida pela produção obtida. Uma das experiências consistia no seguinte: dois grupos de operários que faziam o mesmo trabalham em condições idênticas; Foram escolhidos para observação, sendo devidamente anotada a produção de cada grupo. Um grupo trabalhou sob iluminação variável, enquanto o outro sob iluminação constante. Colocando em evidência o fator iluminação, os pesquisadores esperavam conhecer seus efeitos sobre o rendimento dos trabalhadores. Mas os resultados desse primeiro experimento foram de certa forma frustrante. Não porque não existisse uma relação entre intensidade de iluminação, especialmente os psicológicos. Quando a intensidade da iluminação aumentava, os trabalhadores se sentiam na obrigação de produzir mais, acontecendo o contrário quando ela diminuía. Outras experiências desse tipo foram feitas, e todas indicaram a influência do fator psicológico sobre o fisiológico. Elaboraram então uma nova pesquisa que não se limitaria ao estudo da iluminação, mas incluiria também as questões relacionadas com ao esgotamento dos trabalhadores e os efeitos da mudança de horário ou da introdução de intervalos para descanso. Os experimentos começaram com um grupo de jovens operários, separadas em dois grupos: grupo de controle e grupo experimental. Os resultados de mais de um ano e meio de pesquisas foram surpreendentes. Durante esse período as condições de trabalho dessas operárias foram modificadas para melhor.

Algumas dessas mudanças:

-Pagamento diferenciado para o grupo experimental

-Introdução de dois períodos de descanso de cinco minutos

-Dois períodos de descanso de dez minutos

-Seis períodos de descanso de cinco minutos

Dois períodos de descanso de dez minutos acompanhados de sopa, café e um sanduíche.

O intervalo da manhã foi aumentado para quinze minutos

Saída uma hora mais cedo, isto é, as cinco em vez de às seis

Eliminação do trabalho aos sábados.

Durante esse período dos experimentos a produção aumentou, aparentemente devido às melhorias nas condições de trabalho. Resolveram então retirar repentinamente todas essas melhorias, retornando às condições anteriores. Esperavam que isso fosse provocar um efeito psicológico extremamente negativo e que a produção sofreria uma queda sensível. Outra surpresa: a produção ao invés de cair continuou aumentando. Com esses resultados uma nova pesquisa se iniciou Analisar a organização informal e formal, iniciando um programa de entrevistas com o objetivo de conhecer sobre atitudes e sentimentos dos trabalhadores, assim descobriu a existência da organização Informal (uma parte de funcionários que se juntaram, com suas regras para manter a ordem de acordo com os padrões da empresa).

Depois de todas as pesquisas o resultado que chegaram:

-Nível de produção é resultante da integração social; capacidade social do trabalhador que estabelece seu nível de competência e eficiência e não a sua capacidade de executar movimentos

-Comportamento social dos empregados; os trabalhadores não agem ou reagem isoladamente como indivíduos, mas como membro de grupos.

-As recompensas e sansões sociais; As pessoas passam a ser avaliadas pelos grupos que participam, de acordo com as normas de comportamento que o grupo cria para si. Se essas normas são quebradas há rejeição pelo grupo.

-Grupos informais; A empresa passou a ser visualizada como uma organização social composta de diversos grupos sociais informais, cuja estrutura nem sempre coincide com a organização formal da empresa

-As relações humanas; Para poder explicar e justificar o comportamento das pessoas na organização, a Teoria das Relações Humanas passou a estudar intensamente essas interações sociais surgidas dentro das organizações,

-A importância do conteúdo do cargo; Somente racionalizar a tarefa não é o suficiente para conseguir aumentar a produção. Durante a experiência percebeu-se

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.6 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com