TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

As Políticas Públicas e Os Sistemas de Cotas

Por:   •  28/6/2020  •  Dissertação  •  372 Palavras (2 Páginas)  •  11 Visualizações

Página 1 de 2

Proposta de redação: as políticas públicas e os sistemas de cotas

Desde muito tempo as minorias vêm lutando para terem voz e espaço na sociedade que, em pleno século XXI, ainda é muito excludente. O sistema de cotas raciais é um dos degraus que ajudam para a equidade entre as classes, visando que se trata de adaptar as oportunidades, a fim de deixá-las mais justas.

Já a muito tempo o povo negro sofre com uma série de dificuldades, tanto no Brasil quanto no resto do mundo. Desde a abolição da escravatura, em 1888 (132 anos atrás) os negros ainda são uma maioria excessiva na camada mais baixa da sociedade, onde não tem acesso a saúde, educação ou sequer a saneamento básico. Numa pesquisa feita em 2017 pelo IBGE – PNAD, a taxa de analfabetismo entre pretos/pardos, com 15 anos ou mais, era de 73%, enquanto a de pessoas brancas era apenas de 26%. Já aqueles com mais de 60 anos era de 70% entre pretos/pardos, e brancos 29%. Em outras pesquisas feitas durante o ano de 2018, o IBGE apontou que 78,8% dos jovens brancos entre 18 e 24 anos estão no Ensino Superior. Entre os pretos na mesma faixa etária, essa porcentagem cai para 55,6%. A taxa de conclusão do Ensino Médio dessa parcela da população apresentou uma melhoria desde 2016 — de 58,1% para 61,8% — mas também continua menor do que de brancos (76,8%).  É importante pontuar também que pretos e pardos representam 55,8% da população brasileira e, portanto, por mais que sejam maioria nas universidades públicas, ainda estão proporcionalmente sub representados.

Observando os números apresentado acima, como se espera que (sem o sistema de cotas) pretos/pardos concorram em vestibulares com alunos que tiveram acesso a ensino de qualidade de forma justa? Não podemos esquecer que o debate da meritocracia medíocre e hipócrita é uma camuflagem da discriminação racial em argumentos legalistas, revelando diversos preceitos étnico-raciais e sociais.

É por isso que o sistema de cotas é tão importante, para dar a aqueles sem a menor oportunidade de ingressar numa faculdade. Esse debate é muito importante pois, a partir dele, garantimos um maior empoderamento da população negra e veremos mais negros e negras ocupando espaços que são nossos por direito.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (35.4 Kb)   docx (7.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com