TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Atps Contabilidade Anhanguera 3º Semestre

Trabalho Universitário: Atps Contabilidade Anhanguera 3º Semestre. Pesquise 791.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  10/9/2013  •  532 Palavras (3 Páginas)  •  443 Visualizações

Página 1 de 3

A história da Contabilidade

A contabilidade surgiu 4000 a.C, com a necessidade do controle quantitativo de riquezas (ovelhas). Historicamente, a contabilidade, precisou de três elementos para se desenvolver até os patamares atuais: números; escrita e moeda.

A primeira obra contábil concreta ocorreu em 1494 por Luca Bartolomeu de Pacioli “Summa de Arithmetica, Geometria, Proportione et Proportionalita”, tornando-se assim “pai dos escritores contábeis”, e deu inicio a Escola Contábil Italiana (Européia). Após Pacioli, muitos estudiosos tentaram explicar o conceito débito e crédito.

No século XX houve o grande boom, com o desenvolvimento fenomenal dos Estados Unidos da América, que virou o centro das atenções para todos os estudiosos da área. Muitos fatores fez com que surgisse a Escola Contábil Americana, que é dominante no cenário mundial até hoje.

2.1 PATRIMÔNIO

O contabilista estuda controle e análise do patrimônio, que hoje definimos como conjunto de bens, direitos e obrigações de uma pessoa física ou jurídica que possam ser avaliados em dinheiro. O patrimônio é composto por elementos positivos e negativos. Os bens e direitos representam o aspecto positivo, e as obrigações o aspecto negativo. Desta forma os bens e os direitos formam o ativo, e as obrigações o passivo. Os bens são todos os objetos matérias e imateriais que integram o patrimônio. Segundo a economia, bens são coisas que servem para satisfazer uma necessidade. Bens corpóreos são materiais (existência física), como dinheiro; terrenos; veículos; móveis; entre outros. Já os bens incorpóreos não existem fisicamente, como programas de computadores; marcas e signos de propaganda; ponto comercial; linhas telefônicas e outros que também podem ser traduzidos em moedas. São critérios para registro dos bens, como integrante do patrimônio de uma determinada pessoa.

Para a contabilidade, interessam os bens corpóreos ou incorpóreos, móveis ou imóveis desde que avaliáveis economicamente. Direito em sentido contábil é representado pelo crédito que é o valor a receber ou recuperar nas transações de um terceiro. Os direitos são representados por títulos e documentos como nota fiscal; fatura; duplicatas; cheques e outros. Isso deve ser utilizado por ambas as partes (vendedor e comprador), pois se uma compra for efetuada e houver falta de pagamento ou excesso de cobrança, você estará seguro para que haja justiça.

Obrigações patrimoniais, são representadas por contas à pagar ou à compensar nas transações com terceiros. Os tipos mais frequentes nas empresas são: empréstimo, financiamentos bancários ainda não pagos, salários à pagar, impostos e outros. Podemos definir que o patrimônio de uma pessoa pode ser dividido da seguinte forma: veículos; casas; móveis e dinheiro. Bens: Casa, móveis, entre outros; Direitos: Saldo em conta bancária, entre o outros; Obrigações: Prestações à pagar referente ao financiamento da casa.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com