TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Contabilidade Avançada

Por:   •  9/9/2013  •  7.368 Palavras (30 Páginas)  •  217 Visualizações

Página 1 de 30

SUMARIO

1.1-INTRODUÇÃO

1.2-DESEMVOLVIMENTO

2-ETAPA 1

2.1-APLICAÇOES DE RECURSOS EM TITULOS E VALOLORES IMOBILIARIOS E OUTROS ATIVOS.

2.2 TITULOS DE CREDITOS

2.3 VALORES IMOBILIARIOS

2.4 APLICAÇOES FINANCEIRAS

2.5 INVESTIMENTOS

3-ETAPA 2

3.1-REESTRUTURAÇÃO SOCIETARIA-

3.2-INCORPORAÇÃO

3.3-FUSÃO

3.4- CISÃO DE EMPRESAS.

4-ETAPA 3

4.1- IMPOSTO DE RENDA

4.2-CONTRIBUIÇÃO SOCIAL

4.3-IMPOSTO DE RENDA DIFERIDO

5-ETAPA 4

5.1-JUROS SOBRE CAPITAL PROPRIO.

6-CONCLUSÃO

INTRODUÇÃO

Uma administração empresarial eficiente envolve, entre outros aspectos, o gerenciamento dos recursos financeiros de modo a aperfeiçoar-los. Isto se faz necessário pelo fato de os recursos financeiros representarem, geralmente, o fator de produção mais escasso e em consequência o mais caro, principalmente em nosso País onde se praticam taxas de juros elevadíssimas. Diante de tal situação o administrador moderno deve buscar a melhor solução de rentabilidade para os recursos de sua empresa, alocando-os no objeto social de sua entidade, aí incluídos os estoques de mercadorias, matérias-primas, vendas a prazo, ativo permanente – imobilizado e diferido.

A entidade apresentar riqueza própria em excesso ou excesso de disponibilidades, mesmo que temporários, deverá aplicá-los em investimentos que, dependendo da natureza e frequência dessas sobras, podem ser temporários ou permanentes, pois deixar esses recursos ociosos, sem nada produzir seria desperdício inadmissível e indicativo de administração deficiente. Por estes aspectos apresentados é que as empresas, mesmo que não seja seu objeto social principal, aplicam os excessos de recursos, temporários ou permanentes, em investimentos que podem assumir natureza diversa, porém sempre objetivando melhor alocação de recursos e buscando rentabilidade que é, em última análise, o objeto principal de qualquer empreendimento empresarial. Como também Nesta etapa falaremos sobre a contabilização do imposto de renda e contribuição e do Imposto deferido. Falaremos também sobre o imposto deferido seus regimes jurídicos para a apuração do imposto de renda que são: Lucro presumido, lucro arbitrado e lucro real com breves explicações sobre cada um deles, a conceituações específicas para que se pudesse pontuar como se concebeu e se foi alterando a formação do que hoje se entende pelos valores mobiliários em nosso país.

De forma singela, mas procurando traduzir como esta matéria veio a reger este mercado no Brasil, entendeu-se ser necessária a colocação de aspectos do Direito Comparado, temperados com fatos de nossa história recente que, conjugados, forjaram a instituição e consolidação destas figuras de direito no mercado e economia nacionais.

TITULOS DE CREDITO

Titulo de credito é a atividade compreendida na indústria de comercio e prestação de serviço, feita no mercado pela empresa e pelos consumidores de bens e serviços é a principal suporte de credito, ocorrendo de vendas e compras a prazo, com empréstimos ou cheques denominados titulo de credito. É um documento que representa um credito relativo à transação de mercado, que facilita sua circulação entre titulares distintos, em vez de moeda se usa o titulo de credito garantindo a segurança da transação, documento que representa o direito a credito pecuniário executado por si só, de forma autônoma e liberal, não considerando qualquer outra forma de negocio jurídico subtendido preenchendo os requisitos legais. São importantes para os negócios, pois promovem e facilita a circulação de creditos e valores sempre propiciando a segurança de circulação de valores, é por sua vez um documento representativo de direito ao credito, e não o originário do mesmo, porque o credito não é necessariamente

...

Baixar como (para membros premium)  txt (49.1 Kb)  
Continuar por mais 29 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com