TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Desigualdade Social

Por:   •  8/5/2013  •  2.229 Palavras (9 Páginas)  •  634 Visualizações

Página 1 de 9

INTRODUÇÃO

O seguinte projeto de pesquisa tem como tema escolhido a desigualdade social. Feito um estudo e análise de dados sobre este fenômeno, que ocorre em quase todos os países do globo, guardadas suas proporções e dimensões. O Brasil, mostra um alto índice nesse fator, um dos maiores do mundo, mesmo com um PIB figurando entre os 10 maiores do planeta.

Dentre vários aspectos que contribuem para tamanha desigualdade, está o fato de que não há uma educação adequada para as novas gerações o que resulta no crescimento de crianças e jovens sem preparação para a vida. Muito deles não conseguem oportunidades, não dispõem de uma educação com qualidade, e acabam sendo excluídos da sociedade, se tornando desocupados ou até mesmo marginais. Às vezes não porque querem, mas sim porque não possuem outra alternativa. Outro fator importante, que agrava essa situação, é a violência, que vem crescendo a cada dia.

Apesar da Constituição Federal e diversos estatutos que asseguram o acesso à educação, saúde, moradia, além de segurança pública, a realidade que se vê ainda está muito distante do que os direitos do cidadão brasileiro propõem em favor da erradicação da desigualdade social neste país, em constante crescimento econômico e político, porém, a sua distribuição de renda é feita de forma diferente, sendo que a maior parte fica concentrada nas mãos de poucos.

JUSTIFICATIVA

O tema foi escolhido porque é um problema constante em nossa realidade e

Escolhemos este tema de pesquisa porque a desigualdade social faz parte da nossa realidade,

está presente no nosso cotidiano e precisamos saber mais sobre este problema que afeta a maioria da nossa população. Embora seja praticamente impossível separar a distribuição de renda, a pobreza, e a fome, pois estas estão infinitamente interligadas, sendo cada uma conseqüência da outra. Acreditamos que a mal distribuição de renda do nosso país está ligada a posse de terra desde o início da colonização, através das capitanias hereditárias, extensas faixas de terras, que estavam concentradas nas mãos de poucos.

          Por mais que se lute contra a desigualdade ela não deixará de existir pois, o Brasil é um país dominado pelos capitalistas, que vem crescendo cada vez mais através da exploração da classe dos menos favorecidos, ou seja, enquanto têm milionários esbanjando dinheiro por aí, têm pessoas que sustentam uma família inteira com apenas um salário mínimo. Acreditamos que, se cada riqueza extraída no país fosse igualmente dividida entre os brasileiros que realmente precisam, e não parar nos cofres públicos, não teria ninguém na miséria.

05

6. OBJETIVOS DA PESQUISA

6.1 Objetivo Geral

        Este projeto de pesquisa objetiva compreender de uma forma abrangente, o contexto histórico da desigualdade social em nosso país e os fatores que contribuem para que ela ocorra, estabelecendo o cruzamento entre Antropologia, Sociologia, Filosofia, Matemática (dados estatísticos),   e as Políticas Educacionais, a fim de analisar e avaliar os altos índices de disparidade social, e contribuir numa ação plena de conscientização entre a população

brasileira.

6.2 Objetivos Específicos

•   Sistematizar o contexto histórico sobre a desigualdade social no Brasil.

• Coletar e analisar dados sobre a desigualdade existente entre os ricos e os menos favorecidos.

•   Elaborar um modelo de pesquisa que atenda as necessidades do estudo sobre o assunto de forma clara e coerente.

•   Identificar e divulgar os indicadores de desigualdade social no Brasil.

•   Incentivar a população brasileira a lutar pela redução da desigualdade social através da educação.

06

7. MARCO TEÓRICO

          A desigualdade social no Brasil existe desde os tempos de colônia, onde Portugal detinha os recursos provenientes do próprio Brasil, como por exemplo,   a exploração do pau-brasil, da cana-de-açúcar, do ouro, e posteriormente da produção agrícola da era do café,   administrados por pessoas designadas pela coroa, cuja relação de desigualdade dava-se entre os senhores e os escravos. Os portugueses exploraram

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.4 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com