TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Desigualdade Social E Direitos Sociais

Por:   •  4/5/2013  •  1.373 Palavras (6 Páginas)  •  797 Visualizações

Página 1 de 6

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

SERVIÇO SOCIAL

ISAIANE FREIRE

BMW vermelho

salgueiro-PE

2013

ISAIANE FREIRE

BMW VERMELHO

Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas ciencia e economia politica, fundamento historicos, e metodologico do Serviço Social 3,metodologia cientifica,oficina de formação:questao social.

Prof.Maria Angela Santini,Paulo Aragão, Rodrigo Trigueiro, Sergio goes Barboza

salgueiro-PE

16/04/20132

SUMÁRIO

1. RESUMO.................................................................................................... 03

2. INTRODUÇÃO............................................................................................ 04

3. DESENVOLVIMENTO............................................................................... 05

4. CONSIDERAÇÕES FINAIS....................................................................... 08

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.......................................................... 09

RESUMO

INTRODUÇÃO

. Várias teorias apareceram no século XIX criticando as explicações sobre desigualdade, entre elas a de Karl Marx, que desenvolveu umteoria sobre a noção de liberdade e igualdade do pensamento liberal, essa liberdade baseava-se na liberdade de comprar e vender. Outra muito criticada também foi a igualdade jurídica quebaseava-se nas necessidades do capitalismo de apresentar todas as relações como fundadas em normas jurídicas. Como a relação patrão e empregado tinha que ser feita sobre os princípios do direito, e outras tantas relações também.

Marx criticava o liberalismo porque só eram expressos os interesses de uma parte da sociedade e não da maioria como tinha que ser.

Segundo o próprio Marx a sociedade é um conjunto de atividades dos homens, ou ações humanas, e essas ações e que tornam a sociedade possível. Essas ações ajudam a organização social, e mostra que o homem se relaciona uns com os outros.

Assim Marx considera as desigualdades sociais como produto de um conjunto de relações pautado na propriedade como um fato jurídico, e também político. O poder de dominação é que da origem a essas desigualdades.

As desigualdades se originam dessa relação contraditória, refletem na apropriação e dominação, dando origem a um sistema social, neste sistema uma classes produz e a outra domina tudo, onde esta última domina a primeira dando origem as classes operárias e burguesas.

As desigualadas são fruto das relações, sociais, políticas e culturais, mostrando que as desigualdades não são apenas econômicas mas também culturais, participar de uma classe significa que você esta em plena atividade social, seja na escola, seja em casa com a família ou em qualquer outro lugar, e estas atividades ajudam-lhe a ter um melhor pensamento sobre si mesmo e seus companheiros.

DESENVOLVIMENTO

Muitos acreditam que o combate a desigualdade social se dá só de formaeconômica, mais sendo assim seu impacto seria de forma negativa, atingindo a uma parcela específica da população sendo repassada aos demais como forma de mídia, porém as estruturas continuariam as mesmas.

No entanto, o combate vai além do campo econômico, tendo como área estratégica o campo da educação, ou seja, a escola passaria a assumir seuverdadeiro papel social, trazendo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.3 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com