TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Dicas para a sua Monografia

Por:   •  7/10/2013  •  Seminário  •  1.247 Palavras (5 Páginas)  •  181 Visualizações

Página 1 de 5

Dicas para a sua Monografia

A monografia não é um bicho de sete cabeças. Trata-se apenas de um processo sistêmico de organização da informação, com normas e regras básicas e simples para a sua elaboração. Para não ter trabalho na hora de escrever a sua monografia, siga os passos propostos abaixo, consulte outros trabalhos já realizados e assim a sua monografia será de bom proveito para você, em um futuro próximo, e também para outros profissionais da sua área ou alunos do seu curso que utilizarão sua monografia como fonte de consulta.

Veja algumas dicas de como fazer sua monografia!

• Para começar sua monografia, escolha um tema sobre o qual gostaria de adquirir mais conhecimento, que te desperte uma curiosidade sem igual. O tema da sua monografia deve ser algo ou alguém que realmente lhe inspire;

• Analise a fundo somente um aspecto específico do tema que quer desenvolver na sua monografia. Deste modo, você evitará esquecer detalhes importantes e também a produção de um conteúdo muito superficial que, como se diz por aí, fala muito e não diz nada! Ou seja, sua monografia deve acrescentar em termos qualitativos para as discussões sobre o tema escolhido no âmbito da carreira que você pretende seguir;

• Quando escolher o aspecto específico que vai analisar na sua monografia, imediatamente comece a reunir materiais informativos acerca dele (livros, artigos, documentos de investigação, monografia, etc.);

• É importante que você organize suas fontes de informação fazendo uso do método do fichamento, que consiste em elaborar pequenas fichas onde você especifica o autor do documento, a data de edição, o tema central que o relaciona com seu objeto de investigação e, por último, a natureza do documento (artigo, documento, livro). Lembrando que todas estas fichas devem ser cuidadosamente organizadas e separadas uma por uma. Assim, você terá seu material organizado e acessível na hora de redigir sua monografia;

• Quando terminar de revisar suas fontes e organizar as informações obtidas, comece a fazer o esboço da sua monografia. Por ser, geralmente, de conteúdo extenso, a monografia precisa começar a ser elaborada bem antes do prazo final para a entrega;

• A primeira coisa que deve constar na sua monografia é o capítulo de introdução, onde se faz um resumo sobre toda a informação que contém o documento, incluindo autores revisados, artigos e fontes;

• Divida a sua monografia em diferentes capítulos; dependendo do tema, use a ordem cronológica ou a ordem de importância para estabelecer a hierarquia dos mesmos.

• Seja claro, preciso, direto, objetivo e conciso na sua monografia. Utilize frases curtas e evite intercalações excessivas e ordens inversas desnecessárias. Não é justo exigir que o professor faça complicados exercícios mentais para compreender sua monografia. Você, na condição de examinador, veria com bons olhos uma prova cheia de viagens, figuras de linguagem e diversos trechos densos e confusos? Pense nisso na hora de escrever sua monografia!

• Na sua monografia, construa períodos com, no máximo, duas ou três linhas de 70 toques (letras e espaços). Os parágrafos, para facilitar a leitura, deverão ter cinco linhas digitadas, em média, e no máximo oito. A cada três páginas da sua monografia convêm abrir um subtítulo;

• A simplicidade é condição essencial de uma monografia. Lembre-se de que você escreve para o público universitário;

• Adote como norma a ordem direta, por ser aquela que conduz mais facilmente o professor à essência da argumentação da sua monografia. Não confunda detalhes importantes da vida cotidiana com detalhes irrelevantes e vá diretamente ao que interessa, sem voltas desnecessárias na sua monografia;

• A simplicidade do texto da monografia, entretanto, não implica necessariamente na repetição de formas e frases desgastadas, uso exagerado de voz passiva (será iniciado, será realizado), vocabulário pobre, etc. Com palavras conhecidas por todos é possível escrever uma monografia de maneira original e criativa, repleta de frases elegantes, variadas, fluentes e bem alinhadas. Fuja do academicismo, dos rebuscamentos, dos pedantismos vocabulares, dos termos técnicos evitáveis e da erudição na sua monografia; isto não é acadêmico;

• Não comece períodos ou parágrafos seguidos da sua monografia com a mesma palavra, nem use repetidamente a mesma estrutura de frase;

• O estilo universitário é superior à linguagem jornalística e falada. Por isso, evite a retórica, a gíria, o jargão e o coloquialismo na sua monografia;

• Relate o fato com menor número possível de palavras. No entanto, seja prolixo na sua

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.3 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com