TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

EXPERIMENTO: REDE DE DIFRAÇÃO

Pesquisas Acadêmicas: EXPERIMENTO: REDE DE DIFRAÇÃO. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  24/2/2013  •  1.132 Palavras (5 Páginas)  •  1.152 Visualizações

Página 1 de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

CENTRO TECNOLÓGICO

FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA

LABORATÓRIO BÁSICO III

EXPERIMENTO: REDE DE DIFRAÇÃO

BELÉM – PA

2009

2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

CENTRO TECNOLÓGICO

FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA

LABORATÓRIO BÁSICO III

EXPERIMENTO: REDE DE DIFRAÇÃO

Relatório apresentado como parte da

avaliação da matéria Laboratório Básico

III, código EN02085, turma 025047A, do

curso de graduação em Engenharia

Química da Universidade Federal do Pará.

Professor: Victor Façanha Serra

Alunos:

Carlos Breno Coelho 06025005701

Helder Kiyoshi Miyagawa 07025000201

BELÉM – PA

2009

3

RESUMO

A rede de difração se utiliza da propriedade de difração da luz para obter o

espectro de luz emitido por um determinado material. Para evidenciar esse fato e

calcular a constante de rede de uma rede de difração, foram utilizados uma lâmpada de

mercúrio e um espectroscópio. Foi possível observar o espectro de primeira ordem

produzido pelo mercúrio e calcular através do experimento a constante de rede

experimental, com um erro de 0,0031, a dispersão de rede e a separação angular δ de

uma rede de difração.

Palavras chave: Rede de difração, constante de rede, dispersão.

4

SUMÁRIO

1 Introdução........................................................................................................... pag 05

2 A rede de difração e a constante de rede.......................................................... pag 06

3 A rede de difração e a dispersão de rede.......................................................... pag 06

4 A rede de difração e o poder de resolução....................................................... pag 06

5 Procedimento Experimental.............................................................................. pag 07

5.1 Material............................................................................................................ pag 07

5.2 Método ............................................................................................................. pag 07

6 Resultados e Discussão....................................................................................... pag 08

7 Conclusão............................................................................................................ pag 09

Referências............................................................................................................. pag 10

5

1 Introdução

Quando a onda encontra uma barreira com uma pequena abertura, a onda curva e

se espalha para fora. Esta “dobra” da onda é chamada de difração (TIPLER & MOSCA,

2003).

Um dos dispositivos mais úteis para o estudo da luz e corpos que emitem e

absorvem luz é a rede de difração. Neste dispositivo há inúmeras fendas, chamadas de

ranhuras, podendo a chegar a milhares por milímetro, a luz só pode atravessar os

espaços entre os sulcos que funcionam como fedas. As redes de difração são muito

utilizadas para determinar os comprimentos de onda emitidos por fontes luminosas de

todos os tipos, desde lâmpadas até estrelas.

As primeiras redes de difração eram constituídas por fios metálicos bastante

delgados e separados por intervalos iguais. Hoje em dia são constituídas por uma lamina

de vidro por onde se riscam, com diamante, um número de linhas ou sulcos separados

igualmente, ou são moldados em plásticos.

A dispersão da luz pode ser observada por meio da superfície refletora de um

CD. A superfície de um CD possui um rastro de sulcos em espiral da ordem de 1μm, ela

então se comporta como uma rede de difração. Quando o CD é iluminado com luz

branca, a luz difratada forma faixas coloridas que representam as figuras de difração

associadas aos diferentes comprimentos de onda da luz.

O experimento relatado a seguir busca determinar a constante de uma rede de

difração e calcular a dispersão da mesma.

6

2 A rede de difração e a constante de rede

Quando uma luz de diversos comprimentos de onda incide sobre uma rede de

difração, os diferentes comprimentos de onda produzem máximos e mínimos de

difração em ângulos diferentes.

Considerando feixe paralelo de luz incidindo normalmente em uma rede de

difração,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com