TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Educa

Tese: Educa. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  15/11/2013  •  Tese  •  9.886 Palavras (40 Páginas)  •  624 Visualizações

Página 1 de 40

INTRODUÇÃO:

A logística internacional estudada em sala de aula é materializada pelo estudo da atividade de extração de minério de ferro na cidade de Corumbá/MS, com o intuito de fortalecer o comércio local e a geração de mais riquezas para o Brasil, pois a mineração possui mais de 30% na composição do Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul. Assim, a proposta visa analisar a logística internacional da unidade de Corumbá da mineração MMX. A empresa selecionada pelo grupo é a MMX, empresa de logística do Grupo EBX, responsável pela logística da mineradora corumbaense de grande porte da MMX, com a missão de revolucionar a logística portuária brasileira e contribuir para o crescimento do Brasil por meio de dois terminais portuários privativos de uso misto e de grande capacidade, comparáveis aos portos mais modernos do mundo, localizados na Região Sudeste do País. Os valores da MMX é atuar em conformidade com a legislação ambiental, assegurando o crescimento econômico, desenvolvimento social e equilíbrio ambiental. As informações foram coletadas com os gestores da MMX e a justificativa deve-se ao fato de que o minério de ferro é um produto que gera desenvolvimento para a cidade de Corumbá e do Estado de Mato Grosso do Sul, geração de emprego e renda por meio da arrecadação de impostos, assim, o grupo espera contribuir com este parceiro local por meio deste estudo proposto no desafio de aprendizagem e ser uma empresa que já exporta.

DESCRIÇÃO DA EMPRESA

A Vale S/A é uma empresa brasileira privada de capital aberto e uma das maiores mineradoras do mundo.

Criada em 1942, no governo Getúlio Vargas, a Vale é hoje uma empresa privada, de capital aberto, com sede na cidade do Rio de Janeiro, e ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BM & FBOVESPA), na Bolsa de Valores de Paris, Madrid, Hong Kong, e Nova York. A Vale, tornou-se, hoje, a maior empresa de mineração diversificada das Américas e a segunda maior do mundo.

É a maior produtora de minério de ferro do mundo e a segunda maior de níquel. A Vale destaca-se ainda na produção de manganês, cobre, carvão, cobalto, pelotas, ferroligas e alguns fertilizantes, como os fosfatados (TSP e DCP) e nitrogenados (uréia e amônia).

O Conselho de Administração da Vale é controlado pela Valepar S.A, que detém 53,3% do capital votante da Vale (33,6% do capital total).

Opera em 13 estados brasileiros e nos cinco continentes e possui mais de dez mil quilômetros de malha ferroviária e 9 terminais portuários próprios. É a maior empresa no mercado de minério de ferro e pelotas (posição que atingiu em 1974 e ainda mantém) e a segunda maior produtora integrada de manganês e ferroligas, além de operar serviços de logística, atividade em que é a maior do Brasil.

No Brasil, os minérios são explorados por quatro sistemas totalmente integrados, que são compostos por mina, ferrovia, usina de pelotização e terminal marítimo (Sistemas Norte, Sul e Sudeste).

Em 24 de outubro de 2006 a Vale anunciou a incorporação da canadense Inco, a maior mineradora de níquel do mundo, que foi efetivada no decorrer de 2007. Após essa incorporação, o novo conglomerado empresarial CVRD Inco - que mudou de nome em novembro de 2007 - tornou-se a 31ª maior empresa do mundo, atingindo um valor de mercado de R$ 298 bilhões, à frente da IBM. Em 2008 seu valor de mercado foi estimado em 196 bilhões de dólares pela consultoria eEconômica, perdendo no Brasil apenas para a Petrobras (287 bilhões) e se tornando a 12ª maior empresa do mundo.

PRIMEIRO MDESAFIO

Dentre os fatores causadores destes longos ciclos estão os atrasos de comunicação, as exigências especiais de embalagem, a programação das embarcações, os longos tempos de percurso e aliteração alfandegária.

Outro grande desafio é tomar as decisões referentes aos modais de frete, aos pontos de consolidação e desconsolidação das cargas; e ao atendimento de peculiaridades nas demandas dos clientes, inclusive aquelas relativas aos países ou regiões onde se localizam.

Uma das formas de se lidar com estes desafios é a contratação de um operador logístico, que poderá se encarregar de todas ou parte das atividades necessárias para se tiver sucesso ao lidar com a logística internacional.

O Brasil necessita de grandes investimentos portuários, rodoviários e aeroviários, porem estes investimentos devem ser feitos de maneiras corretas para que realmente beneficiem a política de transporte internacional no Brasil.

Muitos de nossos portos de escoação de produtos estão em péssimo estado de conservação e muitos não estão mais funcionando por falta de manutenção.

Estradas de rodagens em péssimos estados e altas tarifas de impostos afetam o sistema logístico de escoamento de nossas mercadorias aos países vizinhos e ate os mais distantes.

Na década de 90 o fator privatização foi um dos meios usados pela política brasileira para poder versifica a logística internacional no Brasil, não sendo suficiente para resolver problemas existentes ate os dias de hoje.

Vários órgãos do governo prestam apoio às empresas exportadoras, entre eles, a Câmara Internacional de Comércio (ICC, International Chamber of Commerce) é uma organização internacional que trabalha para promover e assessorar o comércio internacional e globalização.

A ICC é a voz do comércio internacional que defende a economia global como uma força para o crescimento econômico, a criação de trabalhos e a prosperidade no ramo comercial. Como as economias nacionais estão agora bem mais entrelaçadas, as decisões governamentais têm mais repercussão internacional do que no passado. Organização tem que ser verdadeiramente global no comércio internacional, para poder ser considerada firme e confiante ao falar sobre o comércio internacional. As atividades do ICC abrangem desde arbitragem até resoluções que digam respeito ao livre mercado e sistema financeiro, regulação de negócios, luta contra corrupção e combate ao crime comercial.

O SEBRAE auxilia as empresas no empreendedorismo que consiste em iniciativa, visão de futuro, capacidade de inovar, de organizar demandas e gerenciar equipes. Firmeza e determinação. Essas são algumas características e talentos fundamentais para um bom empreendedor. É este o espírito que motiva as pessoas a abrir o seu próprio negócio e a realizar coisas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (64 Kb)  
Continuar por mais 39 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com