TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Engenharia Do Trabalho

Por:   •  22/9/2013  •  2.062 Palavras (9 Páginas)  •  254 Visualizações

Página 1 de 9

Atividade Prática Supervisionada

Ergonomia

Trabalho desenvolvido durante a disciplina de Engenharia do Trabalho, como parte da avaliação referente ao 2º Bimestre.

Profesor: Matheus Landgraf

LEME

2013

SUMÁRIO

1.0 Introdução 3

2.0 Evolução Histórica da Ergonomia 3

3.0 Objetivo no âmbito geral 7

4.0 Avaliação do posto de trabalho 7

4.1 Métodos Utilizados 8

4.2 Avaliação Biomecânica 8

4.3 Riscos encontrados no setor 9

4.3.1 Riscos Ergonômicos 9

4.3.2 Riscos Físicos 12

5.0 Conclusão 13

6.0 Referências Bibliográficas 13

FIGURAS

Figura 01 3

Figura 02 4

Figura 03 5

Figura 04 8

01 – Introdução

Basicamente, ergonomia significa “regras de trabalho”, e sua aplicação visa determinar conceitos e formas de trabalho que resguardem a segurança e saúde das pessoas envolvidas na atividade.

Assim sendo, trata-se de um conjunto de conhecimentos envolvendo tanto as ciências exatas como as humanas, objetivando aperfeiçoar a relação homem - máquina, adaptando as condições de trabalho às características do trabalhador.

Em função das novas tecnologias, com estruturas mais sofisticadas de interação do ser humano com os processos produtivos, são maiores as exigências de se oferecer aos trabalhadores, além de um ambiente de trabalho seguro, um nível de conforto que torne sua atividade produtiva e agradável.

Portanto a ergonomia procura estabelecer suas diretrizes para o binômio conforto – produtividade seja observada. No entanto, deve ser dada prioridade aos aspectos de Segurança e Saúde do Trabalhador.

O laudo ergonômico é elaborado de acordo com as diretrizes da N – 17 Ergonomia. (Norma regulamentadora do Ministério do trabalho, portaria 3.214 de 08 de junho de 1978). Decreto 2.782 e Lei 9.872/98.

02 - Evolução Histórica da Ergonomia

Em nossa evolução, tivemos milhares de anos para nos desenvolvermos e, gradativamente, nos adaptarmos às mudanças necessárias à nossa sobrevivência. Mas neste último século, as mudanças foram e continuam sendo muito rápidas, o que às vezes impede a adaptação do nosso corpo às novas exigências.

Ao passo que aumentam estas exigências, temos nos tornado cada vez mais sedentários, fator de risco para diversas doenças.

Ergos = Trabalho / Nomos = Leis;

Trabalho (português), travail (francês) - origem no latim tripallium - instrumento de tortura destinado a domesticar seres humanos para o trabalho.

- Na Grécia e Roma Antiga: o trabalho era reservado aos escravos.

- Para os Hebreus - trabalho visto de forma menos indigna - missão sagrada para a expiação do pecado original.

- No Renascimento - houve valorização do trabalho paralelamente à valorização da vida terrena, material.

- Na Reforma Protestante - valorização do trabalho e a obtenção de resultados materiais.

-Século 19: revolução industrial;

Máquina a vapor, tear mecânico, máquina de fiar, etc.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com