TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estes Amigos Podem Ajudar A Chegar Ao Próximo Epis

Ensaios: Estes Amigos Podem Ajudar A Chegar Ao Próximo Epis. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/10/2014  •  3.371 Palavras (14 Páginas)  •  213 Visualizações

Página 1 de 14

CONCEITOS E SUAS TECNOLOGIA

A utilização da palavra "tecnologia" vem sendo ampliada para muitas áreas do conhecimento, alterando muitas vezes seu significado e distanciando-se da conceituação tradicional. Assim, seria oportuno caracterizar o significado da palavra "tecnologia" que será utilizado neste trabalho. Os conceitos envolvendo desenvolvimento de novos produtos devem ser diferenciados do conceito de inovação tecnológica. A palavra tecnologia nesse contexto poderá significar tecnologias já conhecidas ou novas tecnologias, uma vez que um novo produto poderá ou não incorporar novas tecnologias. O conceito de tecnologia poderá ter maior ou menor abrangência, dependendo do foco em análise. A "tecnologia é o conjunto de conhecimentos científicos ou empíricos empregados na produção e comercialização de bens e serviços", se concentra mais na fabricação, ou seja, "se refere ao conjunto de objetos físicos e operações técnicas (mecanizadas ou manuais) empregadas na transformação de produtos em uma indústria", que define tecnologia como "um corpo de conhecimentos, ferramentas e técnicas, derivados da ciência e da experiência prática, que é usado no desenvolvimento, projeto, produção, e aplicação de produtos, processos, sistemas e serviços". Quando analisa a gestão da inovação tecnológica em pequenas e médias empresas é mais ampla, ou seja, "tecnologia é o conjunto de conhecimentos necessários para se conceber, produzir e distribuir bens e serviços de forma competitiva", o que engloba todos os conhecimentos relacionados às atividades da empresa.

Portanto, o conceito de tecnologia utilizado neste trabalho envolve todos esses conceitos, embora na área específica de desenvolvimento do produto possa parecer, à primeira vista. Os dados de mercado embutidos nos conceitos envolvem todos os aspectos externos à empresa, que interferem em sua área de atuação, incluindo fornecedores, concorrentes, produtos, clientes, etc., e as ideias significam o ponto de partida do desenvolvimento, sendo uma dimensão dependente de vários fatores para sua viabilização.

Tradicionalmente, a tecnologia utilizada por uma organização, dependendo das condições do meio ambiente, poderá ser desenvolvida internamente ou absorvida externamente através de contratos de pesquisa, licenciamento, participação minoritária ou majoritária em outras empresas, e "joint-ventures". Quando do desenvolvimento interno com sucesso comercial, tanto para o produto, como para o processo, a organização adquire competência naquela tecnologia. Essa capacitação tecnológica está diretamente associada a aspectos organizacionais que envolvem comunicação entre as pessoas e aprendizagem, e indica que "aprendizagem organizacional é o processo de intermediação entre a interação colaborativa e a aquisição da competência técnica", em nível da organização. A aprendizagem individual, "é necessária mas não suficiente para a organização de aprendizagem (organizational learning)", "parece que o aprendizado da organização é diferente da soma dos conhecimentos dos indivíduos que a compõem". Portanto, quando do desenvolvimento interno de uma tecnologia ou novo produto em uma empresa, existe um ambiente de conformação que leva a organização a adquirir capacidade para esse tipo de atividade, ou seja, uma competência da organização no campo daquela tecnologia ou novo produto, extrapolando o conhecimento ou a competência individual das pessoas que fazem parte daquele meio ambiente. Essa competência, que denominaremos de "capacidade tecnológica", é uma característica implícita daquela organização, tipicamente intangível, naquele escopo de tecnologia e naquele momento, sendo praticamente impossível sua transferência global para outras organizações, pois é função daquele meio ambiente. Esse aspecto da gestão da tecnologia ou desenvolvimento de novos produtos é fundamental para a empresa, porém ainda pouco estudado, uma vez que ele não pode ser generalizado, ou melhor, sua caracterização é complexa e inerente à própria organização. Por isso é que a "transferência de tecnologia" entre organizações constitui um aspecto complexo, pois a organização receptora não tem o mesmo ambiente da organização "doadora" daquela tecnologia. Essa complexidade varia em função da característica da tecnologia a ser absorvida, sendo menor para tecnologias similares à existente na organização, e maior para mudanças no escopo da tecnologia. Em sua análise sobre aquisição de competência técnica através da colaboração inter-organizacional, sob o ponto de vista de aprendizado da organização receptora, relaciona os diversos níveis de colaboração (contrato de pesquisa, licenciamento, investimento minoritário, joint-ventures, aquisição do controle) com o nível de aprendizado existente (simples, adaptativo, transição, criativo), e conclui que "quanto maior o nível de aprendizado existente em uma empresa, maior sua capacidade de assumir um compromisso inter-organizacional de absorção de tecnologia". Nesse contexto, quando da pouca capacitação da empresa para a absorção, a universidade poderia intermediar esse processo na geração de capacitação, indo além dos contratos de pesquisa tradicionais, resguardados os aspectos de sigilo e ética envolvidos.

A gestão da tecnologia na empresa poderá ter seu espectro ampliado em função do conceito adotado para a palavra "tecnologia". Uma conceituação ampliada poderá facilitar a visualização do estágio tecnológico de uma determinada organização em um determinado instante, independentemente de sua dimensão, apesar das dificuldades existentes no campo das pequenas e médias empresas com a problemática da transposição de teorias organizacionais desenvolvidas em grandes empresas, de forma similar ao que ocorreu no campo da gestão da qualidade. Tecnologia é um tópico extenso que pode significar muitas coisas para as pessoas. Uma versão mais generalizada do conceito de tecnologia poderia ser : "tecnologia é um sistema através do qual a sociedade satisfaz as necessidades e desejos de seus membros". Esse sistema contém equipamentos, programas, pessoas, processos, organização, e finalidade de propósito. Nesse contexto, um produto é o artefato da tecnologia, que pode ser um equipamento, programa, processo, ou sistema, o qual por sua vez pode ser parte do meio ou sistema contendo outra tecnologia.

Essa abrangência indica o significado da tecnologia na competitividade. Muitos autores, excluem do conceito de tecnologia as atividades não envolvidas na produção de objetos materiais ou serviços, como por exemplo marketing. Tradicionalmente,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.9 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com