TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estudo Sobre Concreto De Alto Desempenho

Artigo: Estudo Sobre Concreto De Alto Desempenho. Pesquise 794.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  10/11/2014  •  9.790 Palavras (40 Páginas)  •  556 Visualizações

Página 1 de 40

Universidade Paulista – Unip

Carlos Frederico Novelino de Araújo

Geraldo T. de Oliveira Junior

Hugo Rodrigues de Souza

Matheus Torres da Silva

Rodrigo de Rodrigues E. Souza Filho

Concreto de Alto Desempenho

Brasília, 2014

Sumário

Resumo 3

Desenvolvimento 4

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand 27

Edifício e-Tower 29

Relação água/cimento 36

Ar Incorporado 36

Agregados 36

Água de amassamento e aditivos 37

Condições de Cura 37

Parâmetros de Ensaio 37

Durabilidade 38

Módulo de deformação 38

Referencia Bibliográfica 43

Resumo

Durante muito tempo, os grandes avanços na tecnologia do concreto, proporcionaram o surgimento do concreto de alto desempenho (CAD), cujas características principais, são a elevada resistência mecânica e excelente durabilidade, obtidas com utilização de baixas relações água/cimento. São essas características que o diferenciam do concreto convencional. O CAD é um material que vêm sendo bastante estudado e empregado em diversos países, como Estados Unidos, França, Emirados Árabes, Malásia, entre outros. Atribui-se o desenvolvimento desta tecnologia com a utilização de dois novos materiais na dosagem dos concretos: as adições minerais (sílica ativa) e os aditivos superplastificantes. Nesse sentido, esse trabalho visa contribuir na avaliação do comportamento do CAD produzido a partir dos materiais disponíveis em qualquer região. Partindo-se da hipótese que a quantidade de superplastificantes adicionada à mistura pode alterar a resistência a compressão do CAD, foram produzidos concretos com três teores de superplastificantes. Os concretos foram produzidos com mesmo traço, porém com diferentes relações água/cimento. No geral, os resultados obtidos foram satisfatórios e dentro do esperado. Observou-se que aumento da resistência do CAD é em função da diminuição da relação a/c e do aumento dos teores de superplastificantes.

Desenvolvimento

As construções antigas utilizavam como materiais a pedra natural e a madeira, por estarem com maior disponibilidade na natureza. O ferro, o aço e o concreto só foram empregados nas construções séculos depois. O material foi considerado ideal para as construções, aquele que apresenta tanto qualidades de resistência e quanto de durabilidade. A pedra, muito usada nas construções, tem resistência à compressão e durabilidade muito elevadas, porém, tem baixa resistência à tração. A madeira tem razoável resistência, mas a durabilidade é limitada. O ferro e o aço têm resistência elevada, mas a durabilidade também é limitada em consequência da corrosão que podem sofrer. O concreto armado surgiu da necessidade de aliar a durabilidade da pedra com a resistência do aço, com as vantagens do material composto poder assumir qualquer forma, com rapidez e facilidade, e com o aço envolvido e protegido pelo concreto para evitar a sua corrosão.

Os materiais de construção feitos à base de cimento, podem ser considerados os materiais mais importantes produzidos pelo homem, porque lhe possibilitou construir as edificações e todas as principais obras de que necessitava para viver, como por exemplo as habitações, fortificações, aquedutos, barragens, obras sanitárias, pontes, rodovias, escolas, hospitais, teatros, igrejas, museus, palácios, entre tantos outros tipos de construção. A abundância das matérias primas em quase todas as regiões, somada à sua grande versatilidade para aplicação nas mais variadas formas, foram os principais motivos para o seu desenvolvimento, desde os tempos primórdios até a atualidade. Na antiguidade foram os romanos os que mais se destacaram na aplicação dos concretos e argamassas, que lhes possibilitou criar espaços amplos em forma de arco, abóbadas e cúpulas, de grandes dimensões.

Arco do Triunfo, Paris

Combinando o concreto da época com tijolos de argila, pedra e outros materiais naturais, conseguiram produzir grandes obras, inéditas até aquele período, que trouxeram grande desenvolvimento e revolucionaram a Arquitetura da época. Os avanços na tecnologia do concreto permitiram o surgimento do concreto de alto desempenho (CAD), é um material que ainda não é muito utilizado no Brasil, mas em diversos países já fazem uso desse tipo de concreto por possuir características como a sua elevada resistência à compressão, melhor durabilidade, redução de peso e possibilidade de redução de custo. O desenvolvimento desse tipo de concreto vem devido à utilização de aditivos superplastificantes e adições minerais em sua composição. O concreto de alto desempenho deve atender a resistências acima de 50 Mpa e demais propriedades exigidas para a obra. Em 1976 iniciou-se um maior numero de pesquisas de CAD.

A designação “Concreto de alto desempenho – CAD” é atribuída ao concreto que apresenta características especiais e satisfazem a um critério de desempenho. As características peculiares não poderiam ser obtidas se fossem usados apenas os materiais usuais. Essas características podem envolver melhorias como facilidade de lançamento, adensamento sem segregação, propriedades mecânicas do concreto endurecido, resistência a pequenas idades, tenacidade, estabilidade de volume e durabilidade.

Uma alternativa que está se tornando usual no Brasil, devido ao seu potencial produtivo é o concreto de cimento Portland com baixa relação água/cimento e adição de sílica ativa e superplastificantes, o que possibilita a produção de concretos que apresentam resistência à compressão superior a 100Mpa, como pode ser observado na experimentação aqui desenvolvida.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (64 Kb)  
Continuar por mais 39 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com