TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

História E Tipos De Sax

Pesquisas Acadêmicas: História E Tipos De Sax. Pesquise 784.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  23/10/2012  •  916 Palavras (4 Páginas)  •  826 Visualizações

Página 1 de 4

História e Tipos de Sax

E aí galera, tudo jóia? Estou encarregado de trazer para vocês um pouco de informações, curiosidades e, principalmente, técnicas sobre um dos instrumentos mais cogitados e admirados pelas pessoas: o Saxofone.

É claro que provavelmente ninguém sairá tocando que nem um Kenny G. da vida com algumas lições só, mas terá uma ótima noção sobre o instrumento e vai dar pra tirar aquele "sonzinho" prá começar!

Então... mãos à obra, ou melhor, boca à obra. Ah é! Isso é uma coisa que qualquer saxofonista tem que se acostumar, as piadinhas. Sempre vai aparecer uma criatura pra largar aquela piada maravilhosa sobre a "embocadura" ou perguntando outras bobagens... Mas com o tempo a gente acostuma e, cá entre nós, o sax faz muito sucesso entre muitas mulheres. Então aos homens que desejam tocar vai mais essa dica. Agora para a mulherada que quer tocar sax a dica é fazer "a-que-la" pose quando for tocar. Um saxofone deixa uma mulher muito sexy! Chega de papo furado! Vamos começar com a história do sax.

A História

O saxofone foi inventado por Antoine-Joseph (Adolph) Sax. Ele nasceu em Dinant, uma cidade no vale de Meuve na Bélgica, no dia 6 de novembro de 1814. Charles-Joseph Sax, o pai dele, era um carpinteiro que construiu uma fábrica para instrumentos de sopro de madeira e instrumentos de metal. Do pai ele herdou a técnica e criatividade para o comércio. A relação de Adolph com o pai era boa e se baseava no respeito mútuo. Pouco se sabe sobre sua mãe, exceto que ela vivia muito ocupada cuidando dos onze filhos.

Adolph começou sua educação formal na Royal School of Singing (Bruxelas); lá ele também estudou flauta e clarinete. Dizem que se Sax não tivesse entrado nos negócios da família ele teria feito um boa carreira como clarinetista profissional.

Charles concentrou suas energias na sua fábrica de instrumentos para ir ganhando a vida, enquanto Adolph ia experimentando novos designs com a finalidade de criar novos instrumentos. Sax termina, em 1834, o aperfeiçoamento do clarinete-baixo (clarone); talvez daí viesse a idéia de fabricar um novo instrumento, pois o formato do clarone e o do saxofone são bem semelhantes, com a diferença de que o corpo do clarone é mais alongado e feito de madeira e, principalmente, por pertencer à família do clarinete; mas o primeiro saxofone nasceu quando Sax adaptou uma palheta de um clarinete ao bocal de um oficlide (um predecessor da tuba, só que em forma de "U", como o fagote). O resultado foi um saxofone-baixo. A partir deste, Sax criou o restante da família. O Saxofone é um dos poucos instrumentos que foram "inventados".

Historiadores estão de acordo que Adolph Sax projetou e construiu o saxofone por volta de 1840. O esboço básico deste instrumento nunca mudou, embora muitos aperfeiçoamentos tenham sido feitos. Dessa incrível habilidade criativa nasceram o Sax Horn (uma espécie de tuba) e os saxofones.

Em 1844, o saxofone é exibido pela primeira vez na "Paris Industrial Exibicion" e, no dia 3 de fevereiro do mesmo ano, Hector Berlioz esboça o arranjo do coral Chant Sacre , no qual inclui o saxofone.

"Nenhum instrumento que conheço possui essa estranha sonoridade situada no limite do silêncio", afirma H. Berlioz.

Ainda em dezembro daquele ano, é apresentada

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com