TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Johannes Kepler

Bibliografia: Johannes Kepler. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/10/2013  •  Bibliografia  •  320 Palavras (2 Páginas)  •  284 Visualizações

Página 1 de 2

Johannes Kepler (1571-1630) foi um astrônomo, matemático e astrólogo alemão. Aperfeiçoou invenções de Galileu Galilei e teve grande influência nas descobertas de Isaac Newton.

Kepler era protestante e teve sólida formação teológica. Foi professor de matemática,assessor do Imperador Rodolfo II sobre assuntos matemáticos. Desenvolveu trabalhos sobre óptica e obteve sucesso no melhoramento do telescópio refrator.

Responsável por uma grande revolução na ciência, elaborou as leis da mecânica celeste. Uma herança maoir de tds foram as leis fundamentais da mecanica celestial denominadas 3 lesi de kepler:

Primeira lei de Kepler: lei das órbitas elípticas[editar]

"O planeta em órbita em torno do Sol descreve uma elipse em que o Sol ocupa um dos focos".

Esta lei definiu que as órbitas não eram circunferências, como se supunha até então, mas sim elipses.

A distância de um dos focos (F1) até o objeto, mais a distância do objeto até o outro foco (F2), é sempre igual não importando a localização do objeto ao longo da elipse.

Segunda lei de Kepler: lei das áreas[editar]

Ilustração da segunda lei de Kepler

"A linha que liga o planeta ao Sol varre áreas iguais em tempos iguais".

Esta lei determina que os planetas se movem com velocidades diferentes, dependendo da distância a que estão do Sol.

Periélio é o ponto mais próximo do Sol, onde o planeta orbita mais rapidamente.

Afélio é o ponto mais afastado do Sol, onde o planeta move-se mais lentamente.

Terceira lei de Kepler: lei dos períodos[editar]

"Os quadrados dos períodos de translação dos planetas são proporcionais aos cubos dos semi-eixos maiores de suas órbitas".

Ou seja, sendo T o período de revolução (ano do planeta) e D o semi-eixo maior da órbita de um planeta, tem-se:

\frac{T^2}{D^3}=k, com k constante.

Esta lei indica que existe uma relação entre a distância do planeta e o período de translação (tempo que ele demora para completar uma revolução em torno do Sol). Portanto, quanto mais distante estiver do Sol mais tempo levará para completar sua volta em torno desta estrela.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com