TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Matemática Financeira Juros Simples E Composto

Por:   •  17/7/2013  •  652 Palavras (3 Páginas)  •  1.199 Visualizações

Página 1 de 3

Juros Simples: É aquele no qual os juros incidem sempre sobre o capital inicial. A taxa percentual de juros é calculada de acordo com o capital principal. Dessa forma, o rendimento mensal mantém o mesmo valor. A cobrança de juros está relacionada a financiamentos, compras à prazo, aplicações bancarias, pagamento de impostos atrasados entre outras situações relacionadas ao meio econômico.

Podemos escrever a seguinte fórmula:

J = C . i . n

J = Juros

C = Capital

i = Taxa de juros

n = Número de períodos (tempo)

Juros Compostos: Após cada período, os juros são incorporados ao principal e passam, por sua vez, a render juros. Também conhecido como “juros sobre juros”. Esse tipo de rendimento é muito vantajoso, sendo utilizado pelo atual sistema financeiro. As instituições financeiras utilizam esse método de capitalização nas aplicações financeiras, como na elaboração de financiamentos. O juro composto é o mais comum no sistema financeiro e portanto, o mais útil para cálculos do dia-a-dia.

Obtemos a fórmula:

M = C . (1 + i)n

M = Montante

C = Capital

i = Taxa de juros

n = Número de períodos (tempo)

Passo 2

Dados:

PV = 120.000

n = 18

i = 1,25%

Juros simples Juros compostos

J = C . i . n M = C . (1 + i)n

J = 120.000 . 0,0125 . 18 M=120.000 . (1+0,0125)18

J = 27.000 M = 120.000 . (1,0125)18

C + J = 120.000 + 27.000 M = 120.000 . 1,25

= 147.000 M = 150.069,29

Passo 3

O juros simples será simples quando o percentual de juros incidir apenas sobre o valor principal.

O regime de juros compostos são aqueles em que o juro do mês é incorporado ao capital, constituindo um novo capital a cada mês para cálculo de novos juros.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com