TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Mundo Novo

Casos: O Mundo Novo. Pesquise 861.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  16/8/2014  •  1.836 Palavras (8 Páginas)  •  405 Visualizações

Página 1 de 8

1. Sintese

Tecnologias educacionais, assistenciais e gerenciais: uma reflexão a partir da concepção dos docentes de enfermagem. Em nossa era tecnológica, a concepção de tecnologia tem sido usada de forma enfática no nosso cotidiano, sendo assim tratada de forma generalizada a aparelhos eletrônicos, máquinas. Em uma pesquisa sobre Educação em Enfermagem e Saúde, elaboraram uma concepção de tecnologia no intuito de dissociar desse termo a visão simplista que lhe é atribuída, bem como a sua banalização. Desse modo, o conceito construído de Tecnologia " é entendido como o resultado de processos concretizados a partir da experiência cotidiana e da pesquisa, para o desenvolvimento de um conjunto de conhecimentos científicos para a construção de produtos materiais, ou não, com a finalidade de provocar intervenções sobre uma determinada situação prática.

Todo esse processo deve ser avaliado e controlado sistematicamente.

É válido ressaltar que a tecnologia, enquanto equipamento, é um componente importante de instrumento de trabalho no exercício educativo, contudo, não se restringe à tecnologia em si. Ela também está voltada para a organização lógica das atividades, de tal modo que possam ser sistematicamente observadas, compreendidas e transmitidas. Em relação às Tecnologias Gerenciais-TG, consideram como um processo sistematizado e testado de ações teórico-práticas (planejamento, execução e avaliação), utilizadas no gerenciamento da assistência e dos serviços de saúde, para intervir no contexto da prática profissional, buscando a melhoria da sua qualidade. Evidenciamos também que a gestão de qualidade como possibilidade de TG, em uma empresa de serviços de saúde, é sempre um desafio, pois as instituições não produzem algo cuja qualidade possa ser medida, pesada e testada.

Desse modo, a Enfermagem encontra-se, hoje, com um conjunto de tecnologias que podem cada vez mais ser desenvolvidas e especializadas por todos aqueles profissionais motivados para uma melhoria do cuidado à saúde do ser humano. Salienta-se, portanto, que a temática tecnologia, enquanto processo e/ou produto, necessita ser discutida, repensada, estudada e construída, pois ainda se encontra incipientemente abordada na práxis dos profissionais de enfermagem.

1.1 Caminho metodológico

No Primeiro Momento, ocorreu a Fase de Sensibilização, que se constituiu no contato inicial com as direções dos Cursos de Enfermagem, procedendo-se ao convite para sua participação no estudo e foi informado o propósito do mesmo. Concomitantemente à fase de sensibilização, ocorreu a construção do instrumento de coleta de dados, O instrumento constituiu-se em um questionário contendo perguntas abertas e fechadas, contemplando os objetivos propostos, uma vez que esse tipo de técnica possibilita "atingir grande número de pessoas, mesmo que estejam dispersas numa área geográfica muito extensa.

No Segundo Momento da investigação, foi realizado o Diagnóstico. Esse momento oportunizou evidenciar a realidade das Escolas de Enfermagem, sendo feita primeiramente uma leitura do material coletado e, após, sua sistematização e categorização dos dados, orientada pelas diferentes tipologias de tecnologias educacionais, assistenciais e gerenciais, assim como a análise apoiada na interpretação e inferência sobre esses dados.

A seguir, passou-se à fase de exploração do material, em que emergiram as categorias de análise, buscando uma aproximação com a temática do estudo.

1.2Resultados

Enfim, todas essas considerações estimularam ainda mais a categorizar, analisar e interpretar os dados remetidos aos pesquisadores deste trabalho. Evidencia-se que, para a construção desse artigo, fez-se um recorte de alguns aspectos emergidos no "corpus de dados" os quais a seguir serão apresentados.

Sistematizando os principais achados das questões orientadoras deste estudo, quanto ao entendimento de Tecnologia Educacional, buscou-se reunir os aspectos de representatividade, homogeneidade e pertinência nos discursos manifestados pelos respondentes, dos quais emergiram cinco categorias, descritas e analisadas a seguir.

Tecnologia Educacional como sendo um conjunto de ações teórico-práticas utilizadas e/ou criadas em relação ao educando/educador e comunidade.

"Consiste na construção do saber técnico-científico e/ou filosófico, inovador do todo de uma metodologia voltada para a reflexão e discussão de temas junto à academia e comunidade..."

A Tecnologia Educacional fundamenta-se, portanto, em uma opção filosófica, centrada no desenvolvimento integral do homem inserido na dinâmica da transformação social; concretiza-se pela aplicação de novas teorias, princípios, conceitos, técnicas num esforço permanente de renovação da educação.

Tecnologia Educacional como sistematização de conhecimento compreendido como construção, visando a educação dos indivíduos para intervir na realidade.

Essa percepção aponta o princípio pedagógico da problematização, na qual os sujeitos assumem serem participantes e agentes de transformação social, apreendendo os problemas de sua realidade no processo de trabalho e experimentando soluções originais e criativas.

Tecnologia Educacional numa visão restrita de "ferramentas" para o aprendizado técnico. Esses meios são importantes no processo ensino-aprendizagem, mas a Tecnologia Educacional não se reduz à utilização desses meios. Ela precisa necessariamente ser um instrumento mediador entre o homem e o mundo, o homem e a educação, servindo de mecanismo pelo qual o educando se apropria de um saber, redescobrindo e reconstruindo o conhecimento

Tecnologia Assistencial como sendo um conjunto de ações sistematizadas, processuais e instrumentais para a prestação de uma assistência qualificada.

"É todo o processo empreendido pelo enfermeiro junto a sua clientela, no seu dia-a-dia, mas desde que tenha sido avaliado através de uma pesquisa e que os resultados sejam conhecidos e aprovados e utilizados sistematicamente para beneficiar esta clientela".

É necessário o enfermeiro buscar a construção do seu próprio instrumental e conhecimento que estejam relacionados com a qualidade de vida, a maneira de administrar a saúde, a enfermidade e os problemas daí decorrentes.

Tecnologia Assistencial como sendo um conjunto de procedimentos e técnicas utilizadas para o cuidado. Considera-se que essa visão representa o entendimento por vezes unilateral do conjunto de uma

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.5 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com