TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Principais Aspectos Sobre O Conceito De Derivadas

Trabalho Escolar: Principais Aspectos Sobre O Conceito De Derivadas. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/10/2013  •  2.540 Palavras (11 Páginas)  •  359 Visualizações

Página 1 de 11

Universidade Anhanguera – UNIDERP

Centro de Educação a Distância

TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA

Disciplina: Comportamento Organizacional

André Leigler da Silva - RA6942011289

Giovani Alves Glaeser - RA6979468459

Marcos Alexandre Cunha Militão - RA6950437504

Marcos Vinicius Pacheco Ferreira - RA6505228919

Rogério Baptista da Silva - RA6942011415

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA

ANDRÉA LYDIA AHLERT (Tutor a Distância)

NITERÓI/ RJ

2013

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ................................................................................................................03

2 CONCEITOS DE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL...............................03

3 SISTEMAS ABERTOS E FECHADOS.........................................................................04

4 PESQUISAS SOBRE O CONCEITO DE INOVAÇÃO...............................................06

4.1 DESCRIÇÃO DO EFEITO DA INOVAÇÃO PARA AS EM PRESAS.....................07

5 OS FATORES QUE GERAM O FRACASSO DA LIDERANÇA................................07

6 DEFINIÇÕES DE PERCEPÇÃO E COMUNICAÇÃO................................................09

7 CONCLUSÃO....................................................................................................................10

8 REFERÊNCIAS.................................................................................................................11

1 - INTRODUÇÃO

Gerir uma organização implica em uma série de fatores que exigem habilidades humanas em alto grau de refinamento. Atualmente, além de planejar, organizar e controlar, os gestores precisam entender não só o ambiente externo, mas também as influências externas para que possam identificar as possíveis ameaças oriundas da concorrência e até mesmo dos consumidores. De acordo com os estudos nessa área do comportamento organizacional, os gestores passam a desfrutar de ferramentas no gerenciamento de conflitos internos, nas questões relacionadas a lideranças e poder, entre outros temas que afetam as equipes e indivíduos nas organizações.

O conhecimento da cultura organizacional, bem como o das pessoas e dos processos de grupos torna-se fator relevante na vida de qualquer gestor que almeje o sucesso profissional. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é aprofundar o conhecimento em tudo o que se refere ao comportamento humano dentro de uma organização, determinando o caminho que os gestores devem tomar diante de situações vividas no ambiente de trabalho.

2 - CONCEITOS DE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL

“É um campo de estudo que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o comportamento dentro das organizações, com o propósito de aplicar este conhecimento em prol do aprimoramento da eficácia de uma organização” (Robbins, 1999, p.6). Já para Dubrin (2003, p. 02), “comportamento organizacional é o comportamento humano no local de trabalho, a interação entre as pessoas e a organização em si. As principais metas do comportamento organizacional são as de explicar, prever e controlar o comportamento.”.

Em síntese, podemos dizer que o comportamento organizacional é a área que estuda as variáveis do comportamento dos indivíduos ou grupos dentro das organizações, bem como o comportamento das próprias organizações e sua estrutura.

3 - SISTEMAS ABERTOS E FECHADOS

Sistemas Abertos

Nos sistemas empresariais abertos existem permutas da empresa com o meio ambiente externo que está a sua cerca, as mesmas são dependentes e necessitam da influência ambiental externa plenamente integrada e interagindo com o mundo, viabilizando sua existência e perenidade. Neste caso, o conceito de Sistema Aberto também tem relações de troca e interdependência dos demais sistemas a sua cerca, com abordagem sistêmica e possibilitando receber influências e influenciar os outros sistemas externos a ele.

Esse modelo de sistema facilita na condução do cotidiano, na manutenção e crescimento das empresas, no favorecimento da gestão e administração participativa, na produtividade e qualidade dos serviços e produtos, na administração das diferenças ambientais, organizacionais e comportamentais, entre outras. Nesse caso, a organização representa um conjunto e sua estrutura não é vista separadamente. As tarefas, as pessoas e a sua estrutura sofrem interferências nos aspectos políticos, econômicos e sociais.

No sistema aberto são traçadas estratégias de cooperação, competição e até mesmo união entre as organizações, podendo levar a um interesse em comum onde o consumidor é o foco principal. Segundo Bertalanffy (2008, p.64-65), ”sistemas abertos são aqueles que possuem continuidade, fluxos de entrada e saída e que permanecem mediante a construção e decomposição dos componentes”. Já para Santaella e Vieira (2008, p.33-82), ”os sistemas abertos são aqueles que trocam energia, matéria e informação com os outros”.

Sistemas fechados

Os sistemas fechados constituem-se em analisar a organização em seu interior, desprezando o ambiente em que ela se encontra, não analisando os problemas humanos e nem visualizando a organização de forma sistêmica. Nesses modelos de sistemas, não existem o intercâmbio com o ambiente externo. São herméticos; não estão sujeitos às influências ambientais, não recebem e nem produzem recursos externos. Sob

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.1 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com