TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Processo Contábil Empresa Comercial

Artigos Científicos: Processo Contábil Empresa Comercial. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/10/2013  •  3.551 Palavras (15 Páginas)  •  455 Visualizações

Página 1 de 15

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

CIÊNCIAS CONTÁBEIS

PALOMA ALVES GAMA DE OLIVEIRA

PROCESSO CONTÁBIL EMPRESA COMERCIAL

Seabra-Ba

2011

PALOMA ALVES GAMA DE OLIVEIRA

PROCESSO CONTÁBIL EMPRESA COMERCIAL

Trabalho apresentado à disciplina: Ciências Contábeis da Universidade Norte do Paraná – UNOPAR.

Professores: Daniel Ramos Nogueira

Helenara Regina Sampaio

Joenice Leandro Diniz dos Santos

Valdeci da Silva Araújo

Seabra-Ba

2011

“O passado serve para evidenciar as nossas falhas e dar-nos indicações para o progresso do futuro”

Henry Ford

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 4

2. DESENVOLVIMENTO 5

2.1 Aplicação financeira: 5

2.2 Avaliação de Estoques 6

2.2.1 Inventário Periódico 6

2.2.2 Inventário Permanente 7

2.3 Avaliação de Ativos 8

2.3.1 Valores de Entrada 8

2.3.2 Valores de Saída 9

2.4 Princípio da Entidade 9

2.5 Princípio da Competência 10

2.6 Legislação Contábil 11

2.6.1 Normas Brasileiras de Contabilidade 12

2.6.2 O Papel do Contador nas Organizações 16

3. CONSIDERAÇÕES FINAIS 17

4 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 18

1. INTRODUÇÃO

O presente trabalho foi produzido com o intuito de orientar tanto os sócios quanto os administradores que precisam de um recurso na tomada de decisões a respeito da criação e manutenção de uma empresa.

A evolução das sociedades apresentam características que demandam identificação, estudo e compreensão, e o progresso econômico requer profissionais mais qualificados para atuarem nas organizações. Como consequência, são necessárias condições de ensino para a formação desses profissionais. Tais acontecimentos colaboram para o desenvolvimento político e social, pois esses profissionais poderão se tornar cidadãos mais cônscios de seus direitos e deveres. O estudo desse processo evolutivo requer a realização da pesquisa histórica.

Os princípios contábeis permitem aos usuários fixar padrões de comparação e de credibilidade em função do reconhecimento dos critérios adotados para a elaboração das demonstrações financeiras, aumentam a utilidade dos dados fornecidos e facilitam a adequada interpretação entre empresas do mesmo setor.

2. DESENVOLVIMENTO

2.1 Aplicação financeira:

Um dos itens mais importantes do Ativo de uma empresa comercial é o estoque. Essa importância advém não só de sua alta participação percentual no total do Ativo, mas também do fato de ser a partir dele que se determina o custo das mercadorias ou produtos vendidos. Segundo Oliveira (1999, p.181), “o estoque representa o custo das mercadorias possuídas por uma empresa numa data especifica”. Ou seja, é uma conta que registra os bens adquiridos para serem revendidos ou transformados. O autor destaca ainda que “o tipo de estoque que uma empresa possui, depende do seu objetivo social: se for uma empresa que comercializa produtos, que é o nosso caso, ela compra e vende os mesmos produtos e seu estoque é constituído de mercadorias”. Assim sendo, a venda de estoques gera receita de vendas, custo de mercadorias ou produtos vendidos e estoque final. O termo Custo de Mercadorias entende-se que é o preço pago pela mercadoria, acrescido de outras despesas para movimentação do estoque, deduzido os impostos recuperáveis e o valor de mercado. O principio básico é que o custo das mercadorias adquiridas deve compreender todos os gastos que a empresa realiza para adquiri-las e colocá-las em condições de serem vendidas. Para uma empresa que compra e vende mercadorias, tais custos incluem o preço de compra e os gastos com transporte, recepção, inspeção e colocação nas prateleiras, além de custos administrativos associados ao controle dos estoques. (STICKNEY, 2001, P.340). Diante da existência do custo das mercadorias e do valor de mercado, surge a necessidade de escolher o menor valor para avaliar o estoque. O problema para se chegar a essa conclusão, prende-se ao fato da empresa ter em estoque o mesmo produto adquirido em datas distintas, com custos unitários diferentes. Se a empresa conseguir identificar qual unidade foi vendida e quais unidades ficaram em estoque no final do período, a mensuração do custo das mercadorias vendidas e do estoque final não apresenta problemas. A semelhança física entre unidades de alguns produtos, entretanto, cria dificuldades para a identificação de quais unidades foram vendidas e quais ficaram em estoque. Mesmo quando avanços na tecnologia permitem que a empresa acompanhe cada item de seu estoque, ela pode preferir não fazê-lo, dados os custos envolvidos. (STICKNEY, 2001, p.339).

2.2 Avaliação de Estoques

Ao aprendermos a contabilização das transações comerciais envolvendo compra e venda, vimos que as mercadorias ao serem vendidas devem ser baixadas dos estoques pelo respectivo valor do custo de aquisição, transferindo-o

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.2 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com