TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Profuncionário

Dissertações: Profuncionário. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  23/7/2013  •  2.237 Palavras (9 Páginas)  •  1.295 Visualizações

Página 1 de 9

Módulo V: Educação, sociedade e trabalho: abordagem sociológica da educação.

Unidade 1 – Pág. (26).

1–Como você estudou no Módulo 2, as conquistas trabalhistas que temos hoje são fruto das lutas dos trabalhadores. Em nosso país, durante o governo Vargas, essas conquistas transformaram-se em leis, por meio da Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT. Atualmente, sob a alegação de que pagam muitos impostos, em razão de uma série de garantias trabalhistas que oneram muito e impedem de empregar mais funcionários, o empresariado tem pressionado o Congresso Nacional e o governo a flexibilizar as leis trabalhistas, ou seja, acabar com alguns direitos. Faça uma pesquisa e investigue quais leis trabalhistas estão ameaçadas pela chamada “flexibilização das leis trabalhistas”.

De acordo com alguns parlamentares e juristas, essa flexibilização poderia gerar conflitos com a Constituição Federal, eis à seguir alguns direito constitucionais que estariam ameaçados por essa flexibilização;

Direito Constitucionais que poderiam ser prejudicados;

• Seguro-desemprego (inciso II)

• FGTS (inciso III)

• Piso salarial (inciso V)

• 13º salário

• Remuneração do trabalho noturno superior à do diurno (inciso IX)

• Proteção do salário (inciso X)

• Participação nos lucros (inciso XI)

• Salário-família (inciso XII)

• Remuneração da hora-extra superior a 50% do valor da hora normal (inciso XVI)

• Gozo das férias (inciso XVII)

• Licença à gestante (inciso XVIII)

• Licença-paternidade (inciso XIX)

• Aviso prévio proporcional (inciso XXI)

• Aviso prévio de 30 dias (inciso XXI)

• Proteção de mercado da mulher (inciso XX)

• Adicionais de remuneração para atividades penosas, insalubres ou perigosas (inciso XXIII)

• Proteção em face da automação (inciso XXVII)

• Aposentadoria (inciso XXIV)

2 - Em sua escola, o professor de História trabalha com os alunos a Revolução Industrial e a Francesa?

No tocante à Revolução Industrial:

- O que desencadeou Revolução Industrial;

- o que está vinculado com as indústrias hoje;

- o trabalho nas fábricas;

- a mudança tecnológica. Ontem e hoje.

Revolução Francesa:

- Contexto histórico: a França no século XVIII;

- Queda da Bastilha: marco na Revolução Francesa;

- Napoleão Bonaparte: implantação do governo burguês;

- A burguesia no poder.

3 - Você estudou também no Módulo 2 que a escravidão foi extinta no Brasil em 1888. No entanto, a grande imprensa denuncia constantemente a existência de trabalho escravo em nosso país. Faça uma pesquisa no Ministério do Trabalho como o governo Federal vem combatendo o trabalho escravo. Investigue também em quais regiões do país ocorre uma maior incidência desse tipo de exploração. Procure a Delegacia Regional do Trabalho de sua cidade e entreviste um fiscal, procurando saber se em seu município existe esse tipo de ocorrência. Você tem notícia de trabalho escravo no Brasil nos dias de hoje?

O presidente em exercício do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Vantuil Abdala, pediu uma vigilância constante da sociedade e do Estado para acabar com o trabalho escravo no País. O alerta do ministro foi feito ao tomar conhecimento de que uma equipe de fiscalização móvel do Ministro do Trabalho havia encontrado 75 trabalhadores em regime de escravidão em uma fazenda na região de Santa Rita do Trivelato, a 360 quilômetros de Cuiabá (MT).

Essa notícia demonstra que devemos ter uma preocupação incessante, uma vigilância constante e uma fiscalização sem trégua em relação ao trabalho escravo no Brasil, disse o ministro Vantuil Abdala. Ele destacou o trabalho realizado pela Justiça do Trabalho em regiões onde a incidência dessa prática é mais freqüente, por meio das Varas itinerantes.

Segundo ele, o trabalho escravo é uma das questões que mais denigre a imagem do Brasil no exterior, ao lado da exploração do trabalho infantil. ?São as denúncias mais freqüentes que chegam à Organização Internacional do Trabalho com relação ao Brasil, afirmou.

Vantuil Abdala ressaltou que a escravidão não é mais simbolizada pelo açoite e correntes, porque é praticada por meio de um artifício diferente que mantém o trabalhador em sistema de cativeiro: Freqüentemente as fazendas onde existe trabalho escravo ficam em regiões de difícil acesso, o que facilita o isolamento do trabalhador. Por não ter onde comprar alimentos, ele é obrigado a manter uma conta aberta no armazém do patrão.

4 – Faça uma entrevista com uma pessoa que se mudou do interior para a cidade grande. Procure perceber quais as diferenças que ela notou entre a vida interiorana e a do centro urbano. Quais as dificuldades que ela encontrou para se adaptar à nova realidade?

As vantagens de morar na capital ou em uma grande cidade é o acesso à cultura e a diversão com muito mais facilidade, além de um salário um pouco maior. Porém como tudo na vida, morar em uma cidade grande tem os prós e os contras, tendo por vista que de certa forma você fica um pouco mais exposto a violência, ao stress do dia-a-dia, entre outros fatores, porém é indiscutível também os fatores positivos, que é ter ao seu alcance todas as satisfações de suas necessidades.

Unidade 2

Pág. 36

1- Faça uma pesquisa sobre as biografias de Durkheim, Marx e Engels. Procure verificar a trajetória dessas vidas, onde nasceram, a origem social, o que os motivou a construir suas ideias e obras, o que defendiam, como pensavam o mundo. Verifique na biblioteca de sua escola. A

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.5 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com