TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho Em Grupo - Estudos Disciplinares II UNIP Interativa

Por:   •  25/9/2014  •  431 Palavras (2 Páginas)  •  3.134 Visualizações

Página 1 de 2

TG II: Questão:

A Weg está claramente focada em negócios, B2B, ou business-to-business, onde comercializa produtos e serviços voltados para o mercado empresarial/industrial. Ou seja, os clientes da Weg são empresas, e não pessoas físicas.

Produtos e serviços voltados para pessoas físicas são negócios B2C, ou business-to-consumer, como chocolates, absorventes higiênicos feminismos e consoles de videogame.

Entretanto, o texto sobre investimento na China cita “linha branca” e “lavadoras de roupas”.

Como seria possível afirmar que esses investimentos na China significam uma mudança de estratégia passando a atingir também negócios B2C?

Campinas, 30 de Maio de 2014.

Com a internacionalização as empresas buscam cada vez mais melhorar os fluxos financeiros e reduzir a possibilidade de crise, através de mercados com menores riscos. O investimento da Weg na China mostra que a empresa também busca alternativas de expansão, através dos equipamentos e componentes para lavadoras de linha branca, destinado a públicos mais sofisticados, Europa, Estados Unidos e o próprio mercado Chinês.

Assim, é possível afirmar que a empresa atua nos dois mercados, B2B e B2C, mantendo sua produção para outras indústrias e criando uma nova oportunidade para fornecimento ao consumidor final.

Na China estão localizadas grandes indústrias, devido à mão de obra barata e produção em grandes escalas, visando sempre à redução de custo. Portanto, o produto chega até o consumidor final, com preço competitivo e possibilidades de crescimento.

Vale acrescentar que esta estratégia B2C em linha branca, a Weg busca, também, o marketing de seus produtos e serviços, ou seja, buscar lucro sobre o investimento de suas novas aquisições.

Como diz o texto, ela é uma das maiores produtoras de elétricos do mundo, produzindo e comercializando para empresas e indústrias (B2B).

Com a compra das duas fábricas chinesas sua produção não se limita a motores, mas também a peças eletrônicas de máquinas de lavar, ou seja, sua linha branca.

A Weg prega o conceito de inovação e mudanças, visando o futuro, um novo conceito, ou seja, consumidores finais (B2C). Por ser uma empresa conhecida em motores, muitos a desconhecem. O mercado B2C tem revolucionado profundamente os negócios, seja exigindo inovação e tecnologia, seja através dos lucros, portanto, valorizar o contato direto, corpo a corpo com os seus clientes, e ter atitude eficaz, ajuda a melhorar esse cenário.

Concluindo a mudança estratégica faz com que ela se torne diferente de suas concorrentes em serviços, produtos e consumidores finais, em um processo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com