TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho de Conclusão de Curso

Por:   •  8/10/2019  •  Trabalho acadêmico  •  773 Palavras (4 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 4

Schulz (2017), em pesquisa intitulada Números racionais e suas apresentações com base no ensino hibrido, é guiada pela pergunta norteadora: como o ensino hibrido pode contribuir para a aprendizagem dos números racionais e suas diferentes representações, com base na teoria dos registros de representação semiótica de Raymond Duval? O objetivo geral da pesquisa é identificar as contribuições da metodologia do ensino híbrido para aprendizagem dos Números Racionais, com base na teoria dos registros de Representação Semiótica de Raymond Duval e os objetivos específicos são os seguintes: analisar via Teoria de Registros de Representação Semiótica de Raymond Duval, o conhecimento dos alunos sobre Números Racionais, antes, durante e após o desenvolvimento das atividades, e verificar se o Ensino Hibrido favorece o desenvolvimento da autonomia e o interesse pelo estudo nos alunos beneficiando o trabalho em equipe, a cooperação de forma que os grupos sejam colaborativos e, com o uso da tecnologia digital, desenvolver um produto para auxiliar os professores.

Duval (2003; 2009), Damm (2015), Souza e Moretti(2015) e Soares(2007) são os autores usados para dar fundamentação teórica. O autor apresenta uma breve história da semiótica, onde Duval(2003) defende a diversas maneiras de representar o mesmo objeto e reforça que para existir compreensão, é necessário encontrar diversas maneiras de raciocínio e argumentação.

Shulz (2017) esclarece que, segundo Souza e Moretti (2015), a matemática é um ciência pela qual existe uma certa dificuldade de enxergar, devidos os objetos não serem reais, causando assim a necessidade de construir representações para poder então ser trabalhado. Destaca ainda que, na perspectiva de Damm (2015), no ensino de matemática é preciso levar em conta as diferentes maneiras de representar um mesmo objeto matemático.

É importante enfatizar também que houve mudanças no ensino com o passar dos anos e com a TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação – e que a implementação é um dos maiores desafios de inovação pedagógica e tecnológica enfrentada pelos sistemas de educação, no entanto, ela é inevitável, devido os fatores positivos de contribuição ao ensino do aluno.

O ensino híbrido, para Schulz (2017), é uma maneira de mesclar a utilização da TIC com outras metodologias e explica que, conforme Moran (2015), tal ensino, seguindo os significados da palavra híbrido, como misturado, mesclado, blended, permite ensinar e aprender de diversas formas e em múltiplos espaços.

O ensino hibrido pode ser aplicado de diversas formas, sendo elas: Rotação Individual, Flex, A LA Carte e Virtual Enriquecido.

O modelo de Rotação Individual é um espaço organizado por estações contendo propostas diferentes de aprendizagem de um mesmo conteúdo e onde pelo menos uma estação deve ser on line, sendo contabilizado um tempo para que todos os alunos possam participar de todas as estações.

O modelo Flex, o aluno recebe um roteiro de estudo para ser seguido por meio do ensino on-line, cada um no seu ritmo. O professor fica à disposição para sanar as dúvidas acontecendo em um espaço físico.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5 Kb)   pdf (59.2 Kb)   docx (8.9 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com