TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Uma Carta De Amor Para Voce

Pesquisas Acadêmicas: Uma Carta De Amor Para Voce. Pesquise 791.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/4/2013  •  1.807 Palavras (8 Páginas)  •  689 Visualizações

Página 1 de 8

Titulo: uma carta de amor para você

Baseado numa história real.

As vezes com medo de qual será a reacção da pessoa que amamos , quando vamos dizer o que sentimos , acabamos por sofre, perder oportunidades e até mesmo por desistir. Não é? Eu sei que sim.

Mas comigo, é bem diferente. Eu amo muito uma pessoa, sem ela é como si eu não vivo, ao seu lado eu perco o fôlego, em pequenas palavras ela é o meu mundo. Com esta pessoa quero estar , falar, explicar o quanto o amo todos os dia da minha vida. É muito lindo quando sentimos isso né?, parece que estamos doente, mas nãoooo…! Na verdade é muito lindo e especial o que sento por ela, esta pessoa é a mulher da minha vida . Mas, existe um pequeninho e grande problema: para ela eu não existo, sou invisível. É engraçado né? Mas é a pura realidade da vida.

Olha o meu nome é Paulo, tenho 21 anos de idade, nasci em 1989, natural do Lubango, província da Huíla, pais Angola, continente africano. Vivo com os meus pais, no bairro comercial.

Olha no meu bairro não é muito comum, um homem dizer que ama uma menina, porque podes servir de zombaria por muito tempo. Mas o que eu sentia por ela era muito forte, que quando a via, eu fugia ou mi atrapalhava todo; as vezes eu chamava o seu nome e depois fugia, para ela não saber que era eu que o chamei. Para mi isso era muito importante até mi sentia tão feliz porque ela olhava para atrás quando eu o chamava. Eu mi sentia satisfeito por isso todos os dias.

Olha as coisa começou a si complicar, quando eu descobri que, havia um outro cara que também esta interessado por ela, e que todos os dia ele fala com ela. Aquilo mi irritava todos os dia ; e eu todos os dia ou seja todas noite fica perto do seu portão e assistia ele a conversar com ela e espera ele sair, para depois ele ir comigo, e puxava conversa para saber qual era as suas intensões.

Eu parecia muito esperto não é? Então com a ajuda de um amigo consegue o número de telefone dela. Ganhei coragem e passei a ligar para ela, todos os dias e todas as noite. É! o amor também é um investimento; eu todos os dias comprava saldo só para falar com ela e enviava mensagens, mas eu sempre mi mantinha em anonimato, eu me sentia tão feliz e ela olha para mi como um amigo e mi contava sobre o outro cara que estava também interessado por ela; aquilo era irritante para mi o mas engraçado, que ela queria que eu o desse conselho sobre o outro cara, e eu o a aconselhava. E Magina só eu aconselhar-la! Mas mi sentia muito feliz porque a cada dia eu fazia parte da vida dela.

Não sabia bem explicar mas as nossas conversas ao telefone e por mensagem, nos aproximava muito a cada dia que passava, e eu mi sentia cada vezes mas confiante para mi declarar e disser tudo aquilo que eu sentia há cada dia, hora, minuto, segundo. Mas eu tinha medo, porque existia outro e eu para ela era só um simples amigo por telefone, e eu precisava de uma oportunidade.

Não tardou, certo dia ela ligou para mi muito triste porque o cara que ela pensava ser o ideal para ela o havia traído. Era uma grande oportunidade para mi. Porque para o meu amigo,˝ a melhor maneira de esquecer alguém é estar com alguém˝; e esta alguém era eu , que todos os dias estava lá para o aconselhar e apoiar.

Isso era de mas para mi o ouvir a cada dia triste e lamentado toda a noite que conversávamos. Então eu disse para mi mesmos: ˝ resto de outros é tesoura para outros, se um homem não consegue cuidar bem uma flor, dar o seu de vido valor e o tratar como ela merece, eu sim vou cuida-la e o proteger para que todos poção ver que as flores por mas que murcham, bem cuidadas por outro ela podem florescer novamente˝.

Eu resolvi aparecer e mi declarar a ela; para que ela, pudesse saber, que eu sempre estive lá para ela, mas eu era invisível.

Então, procurei ela mas não pode mi declarar, eu não tive coragem, os meus medos voltarão e cada vez mas forte. E eu não consegue mi declarar por que não era o tempo certo para mi; a final ela acabou de sair numa relação e estava muito triste. E que tipo de homem seria eu? Que se aproveitaria de um mulher, só porque ela se encontrava muito triste e em baixo? Não! dizia eu para mi mesmo: eu valo muito mas do que isso. Eu resolvi, esperar mas um pouco, até que ela se recuperasse desses ferimentos e eu cria-se uma oportunidade para mi declarar.

O tempo chegou, então eu resolvi fazer algo bem diferente e incomum no meu tempo. Algo que só se viu em Angola nos anos 70 e 80 ou até mesmos nos anos 90, mas no século 21 isso era ridículo

Eu por falta de coragem resolvi mi declarar a através de um carta. Imagina só eu, com 21 anos de idade mi declarar a uma mulher através de uma carta isso era mesmo ridículo. Mas era o único meio que eu tinha para não tremer ou mi atrapalhar nas palavras, ai eu conseguiria disser todo ou quase todo que eu sentia.

Mas existia um outro problema, como eu vou escrever esta carta? Então certa manha acordei, e decide escrever esta carta, sem como começar, mi lembrei de Salomão filho de Davi, quando escreveu o livro de cantares. Pequei na minha bíblia e oreia a Deus, e comecei a escrever assim:

˝ Carta de amor, aos 8 de marco de 2011

Passei muito tempo a virar-me em toda cama, tentando apanhar sono, mas não consegui, porque estava pensado em ti, então, levantei e resolvi ir a tua procura, andei pelas ruas da noite, perguntei aos guardas da cidade onde esta o meu grande amor? Todo mi responderam que não tinham visto; Então chorei toda a noite e não havia ninguém para me consolar, entristeci o meu coração achado que nunca mais haveria de encontra-te.

E pela manha, pequei a caneta e resolvi escrever para ti. A dizer-te que senti muito a tua falta, em dialogar contigo e olhar para ti; com tudo isto cheguei a uma pequena conclusão: que na verdade te admiro tanto e que não aguentava ficar muito

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.5 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com