TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Watts E Zimmerman

Casos: Watts E Zimmerman. Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  1/12/2014  •  681 Palavras (3 Páginas)  •  349 Visualizações

Página 1 de 3

Segundo Watts e Zimmerman (1986) o objetivo da teoria contábil consiste no raciocínio da pratica contábil, alem de despertar no pesquisador a necessidade das variáveis e suas relações de causa e efeito. Ainda, segundo Perez e Famá (2006) para a contabilidade básica, são considerados ativos os bens e direitos de uma entidade, expressos em moeda e a disposição da administração, já sob uma ótica econômica e financeira, os ativos são recursos controlados pela empresa e capazes de gerar benefícios futuros (entradas de caixa ou redução de saídas de caixa).

Meige e Jhonson (1962) definem ativos como recursos econômicos possuídos. De fato, a expressão recursos econômicos é mais abrangente, porem, o conceito ainda se limita à posse do ativo.

Martins (1972) deixa claro que é o valor dos benefícios futuros que determinará o valor do outro e não o agente, embora seja difícil separá-los.

As seguintes terminologias são utilizadas por pesquisadores da contabilidade: “benefícios futuros esperados; recursos econômicos possuídos; valor para a empresa; direito específico a benefícios futuros e potencialidade de serviços futuros”.

De fato os ativos intangíveis são os itens de mais difícil contabilização.

Embora seja de pouca utilização no Brasil, o teste da perda por empairment já é bem comum em muitos países a exemplo dos EUA.

A busca pelo valor justo do atero deve se constituir que esse valor resume-se ao preço de compra ou de venda, em transações correntes e entre partes dispostas. Qualquer outro fator que distorça esse preço dito “justo” não pode ser considerado.

A partir do entendimento de que os bens de uma entidade possuem a capacidade de prestação de serviços e de geração de beneficios econômicos futuros, pode-se conceber o problema de mensuração como a tradução do potencial de serviços, incorporado no ativo em unidades monetárias. Entende-se que uma compreensão satisfatória da natureza dos ativos, alem de colaborar com o adequado tratamento e analise critica de questões praticas da contabilidade aplicada, acarretará aos profissionais melhores condições para enfrentar os desafios atuais da contabilidade.

Assim como as definições de ativo esta associada a principal característica a capacidade de operação de benefícios futuros, de forma inversa, definições de passivo buscam capturar impactos futuros trocando beneficios gerados por sacrifícios a serem consumidos, conforme a definição de Idendriksen e Breda (2007) “sacrifícios futuros e beneficios econômicos resultantes de obrigações presentes.

Os passivos, atualmente, assumiram sua posição de direito como medidas diretas de obrigações de empresas.a assinatura de jornais, revistas e a compra de ingressos para uma temporada são exemplos de passivos não monetários.

O correto domínio das definições de receita, despera, perdas e ganhos torna-se importante pelo efeito que trazem para a mensuração dos resultados das organizações. Porem, o profissional contábil pode apresentar falhas na sua formação acadêmica que permita lhe dar certeza nas suas escolhas. Dependendo do critério adotado na mensuração e reconhecimento das receitas, dos ganhos, das despesas e das perdas, o resultado liquido obtido poderá apresentar-se diferente, afetando acionistas,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com