TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Os Vikings Em Universo Lúdico

Por:   •  16/8/2019  •  Ensaio  •  979 Palavras (4 Páginas)  •  23 Visualizações

Página 1 de 4

Viking é um termo utilizado para designar o povo que vivia no Norte da Europa, no período que se estende do século VIII ao século XI, conhecido como a Era Viking.

Os vikings habitavam originalmente a Escandinávia (Noruega, Suécia e Dinamarca), porém motivados pelo crescimento populacional da região, que gerou falta de alimento, disputa pelo poder, procura de terras e expansão comercial, aliadas ao conflito religioso com o crescimento do cristianismo, domínio de técnicas de navegação e construções de navios, iniciaram-se expedições marítimas, que foram marcadas por incursões de diversas regiões do continente europeu e ilhas do Atlântico Norte, com diversos propósitos, obtenção de terras para colonização e cultivo, realização de comercio e até saques e pilhagens.

Os Escandinavos utilizavam o termo “Vikingr” para designar uma expedição, “ir viking”, dando origem e propagando o nome Viking, que era traduzido por seus inimigos, graças à sua fama de ladrões marítimos, como “piratas”.

Os vikings influenciaram a cultura de todas as nações com as quais entraram em contato e de todas as formas concebíveis, da arquitetura à linguagem, da infra-estrutura à poesia e nomes de lugares, reformas militares à comida e ao vestuário e, certamente, nas áreas de guerra e construção naval. Comumente eram retratados como selvagens, saqueadores, pagãos assassinos, mas na realidade, eram uma classe guerreira requintada, culta, que entendia com base em sua crença religiosa, que, ao invadir outras terras para ganho pessoal, tinham tudo a ganhar e por esse motivo era uma sociedade grandiosa e destemida.

Era viking

Nos primeiros anos da Era Viking na Europa, os invasores começaram apenas como piratas, mas acabariam chegando a grandes exércitos sob comando de líderes militares habilidosos e temidos, conquistariam grandes territórios, estabeleceriam comunidades que finalmente se assimilariam a eles como população local, chegando à America do Norte e estabelecendo a Groelândia.

Os Vikings nunca foram derrotados em massa em batalha e nenhum combate único acabou com a Era Viking.

A data marcada por estudiosos como o fim da Era Viking  é 25 de Setembro de 1066 dC, quando Harald Hardraade, um lendário líder nórdico foi morto na Batalha de Stamford Bridge no leste de Iorque - Inglaterra, mas os ataques Viking continuaram após essa data.

Houve muitos fatores que contribuíram para o fim da Era Viking, mas a cristianização da Escandinávia ao longo dos séculos X e XI foi certamente uma das mais significativas. A religião nórdica foi o último dos grandes sistemas pagãos de crença a cair no cristianismo, e uma vez que isso aconteceu, não havia mais inspiração na nova fé para alguém “ir Viking”.

SOCIEDADE

A população era organizada em sociedade local de caráter hierárquico dividida nas seguintes classes:

  • Hövding – Chefe
  • Jarlar ou Jarls – Aristocratas (Guerreiros)
  • Karls  – Camponeses
  • Trälar – Escravos

A mobilidade ascendente era possível para Karls, mas não para Trälars. A escravidão foi amplamente praticada na antiga Escandinávia e considerada uma das maiores motivações Vikings em outras terras.

A organização familiar viking tinha traços patriarcais, sendo o homem o responsável pela defesa da família e realização das principais atividades econômicas. A educação das crianças era delegada aos pais, sendo eles que repassavam as tradições e ofícios vikings.

As mulheres tinham maior liberdade na cultura escandinava do que em muitas outras. Podiam herdar propriedades, escolher onde e como viver se solteiras, se apresentarem em casos legais e possuírem seus próprios negócios. Não havia líderes religiosos do sexo masculino, então as Volva, mulheres que teriam sido tocadas pelos deuses eram as profetisas, podiam ouvir palavras divinas e traduzi-las para outros mortais.

Crença

Na esfera religiosa, os vikings possuíam uma mitologia povoada por muitos deuses adorados sistematicamente em eventos coletivos. Assim como muitas histórias envolvendo luta entre os deuses nórdicos e o conflito entre divindades e gigantes. Odin era o “Deus dos Deuses”, mas Thor, acompanhado de Mjolnir (armamento similar ao martelo), era a divindade de maior popularidade, protegia o povo viking, e apesar do poder e astúcia de outros deuses, dos céus, era o único páreo para os gigantes em força.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.4 Kb)   pdf (327.8 Kb)   docx (236.5 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com