TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Max Weber sobre a cultura da sociedade capitalista em relação ao conhecimento e a pedagogia da aprendizagem

Artigo: Max Weber sobre a cultura da sociedade capitalista em relação ao conhecimento e a pedagogia da aprendizagem. Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/6/2013  •  Artigo  •  348 Palavras (2 Páginas)  •  560 Visualizações

Página 1 de 2

Primeira questão: Comente o debate recente sobre educação e sociedade no século XX a partir do pensador Parsons ao analisa o processo de socialização com base na história dos sistemas educacionais.

Segunda questão: O pensador alemão Mannheim se distancia muito do pensamento pedagógico de Antônio Gramsci ao comentar que a democracia de bem-estar social com planejamento racional deveria ser governada por cientistas.

Terceira questão: Comente por que para o cientista social alemão Max Weber o importante é compreender o sentido objetivo das ações dos indivíduos. Para ele o sociólogo, por ser ele próprio homem, é capaz de compreender essas ações humanas em suas conexões significativas interiores.

Quarta questão: Também sobre Max Weber comente a cultura da sociedade capitalista em relação ao conhecimento como pedagogia do treinamento. Por este princípio os indivíduos seriam “educados” apenas visando uma boa colocação no mercado de trabalho.

A reflexão sobre a escola tem sempre como pano de fundo determinadas concepções da sociedade e do indivíduo. Tomar consciência destas diferentes concepções permite-nos oferecer um quadro de análise sobre a organização escolar. A abordagem sociológica da escola apresenta duas grandes concepções acerca da mesma. A primeira concepção centra a sua atenção sobre o sistema (sociedade), considerando que o indivíduo é determinado pelos condicionalismos do sistema. Esta perspectiva teve uma grande influência na análise da escola até finais da década de 80. A segunda concepção considera, ao invés, que existe a necessidade de ter em conta a construção social da realidade, onde o indivíduo tem um papel activo nessa construção. Esta perspectiva tem assumido grande relevo a partir da década de 80.

Estas duas grandes abordagens sociológicas acentuam duas dimensões distintas, mas reais na organização escolar: a da desigualdade e a da inovação. Ao longo deste artigo procura-se, pois, reflectir sobre a escola a partir destas duas perspectivas, apresentando uma síntese da literatura mais relevante sobre estas duas dimensões. Desta forma, procura-se contribuir para uma reflexão mais sistematizada acerca da problemática da organização escolar, mostrando como um determinado paradigma de análise pode influenciar a nossa visão sobre a escola.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com