TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo do Texto: A seu serviço: interrogações sobre o conceito, os modelos de produção e o trabalho em atividades de serviço, de Mario Sergio Salerno.

Por:   •  13/5/2019  •  Abstract  •  607 Palavras (3 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 3

Resumo do texto: A seu serviço: interrogações sobre o conceito, os modelos de produção e o trabalho em atividades de serviço, de Mario Sergio Salerno.

Mario Sergio Salerno é professor titular do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), onde coordena o Laboratório de Gestão da Inovação. É coordenador do Observatório da Inovação e Competitividade do Instituto de Estudos Avançados da USP, um dos Núcleos de Apoio à Pesquisa da USP (Universidade de São Paulo), constituído a partir de edital competitivo com referees externos. Coordenador de projeto temático Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) sobre gestão de incertezas em atividades de inovação. Graduou-se em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em 1979, segundo Salerno (2019).

Um problema que gera bastantes estudos e debates é como podemos definir a categoria de atividade econômica conhecida como serviço (setor terciário), quais são os seus limites e diferenças com as outras duas categorias, a agrária (setor primário) e a industrial (setor secundário), e quais são as bases teóricas e modelos que embasam esse tipo de atividade.

Atualmente as fronteiras que separam as categorias de atividade econômica estão cada vez mais tênues, principalmente no que diz respeito aos setores secundário e terciário, ou seja, os setores industrial e de serviço. Muitas vezes uma função da categoria de serviço vai ser executada dentro de uma indústria; funções de serviço que irão (ou possivelmente) ser necessárias para a pessoa que adquire um produto feito na categoria industrial, serviços esses que já costumam ser negociados e inclusos no momento de negociação do produto; ocorrem também os casos em que algo é feito seguindo passos e modelos do processo industrial, mas ainda é considerado um serviço, por exemplo, o fornecimento de sinal telefônico.

Uma diferença muito interessante para ser notada é a diferença entre serviço e serviços, sendo que no primeiro a pessoa consegue o que deseja de uma vez e na segunda é necessário retornar para o atendimento com o prestador de serviço ou mesmo ser atendido por outros prestadores da mesma empresa.

O texto faz diversos levantamentos interessantes sobre o que é o serviço, como defini-lo e sua situação atual, inclusive citando direitos trabalhistas e o trabalho feminino, isso gera uma expansão no pensamento e incentiva o questionamento sobre o impacto que essa categoria teve no mercado de trabalho e na vida das pessoas.

A questão entre as diferenças do setor secundário e terciário foram bem instigantes, sendo que a linha tênue entre esses setores no que diz respeito ao fornecimento de telefonia foi algo que me chamou a atenção, o que também me fez questionar sobre essa dubiedade entre serviços parecidos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.9 Kb)   pdf (111.4 Kb)   docx (8.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com