TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Distância da estimativa da atividade

Por:   •  17/2/2014  •  Seminário  •  1.028 Palavras (5 Páginas)  •  110 Visualizações

Página 1 de 5

Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul

Campus Virtual

Atividade de avaliação a distância (AD)

Orientações:

Procure o professor sempre que tiver dúvidas.

Entregue a atividade no prazo estipulado.

Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.

Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA).

1. Leia com atenção o juízo abaixo:

“A proposição de Tales de que a água é o absoluto ou, como diziam os antigos, o princípio, é filosófica; com ela, a Filosofia começa, porque através dela chega à consciência de que o um é a essência, o verdadeiro, o único que é em si e para si. Começa aqui um distanciar-se daquilo que é em nossa percepção sensível; um afastar-se deste ente imediato – um recuar diante dele. Os gregos consideraram o sol, as montanhas, os rios etc. como forças autônomas, honrando-os como deuses, elevados pela fantasia a seres ativos, móveis, conscientes, dotados de vontade. Isto gera em nós a representação da pura criação pela fantasia – animação infinita e universal, figuração, sem unidade simples. Com esta proposição está aquietada a imaginação selvagem, infinitamente colorida, de Homero; este dissociar-se de uma infinidade de princípios, toda esta representação de que um objeto singular é algo que verdadeiramente subsiste para si, que é uma força para si, autônoma e acima das outras, é sobressumida e assim está posto que só há um universal, o universal ser em si e para si, a intuição simples e sem fantasia, o pensamento de que apenas um é. Este universal está, ao mesmo tempo, em relação com o singular, com a aparição, com a existência do mundo.”. (HEGEL, 1978, p. 9).

Fonte: HEGEL, G. W. F. Preleções sobre a história da filosofia, 1971, p. 203 apud Os Pré-socráticos: fragmentos, doxografias e comentários. 2. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

Com base no juízo de Hegel sobre Tales, responda à seguinte pergunta, fundamentando seu ponto de vista de modo argumentativo:

Por que a Filosofia começa com Tales?

(Peso: 4 pontos)

Porque de acordo com a história, Tales de Mileto (624-546), foi o primeiro filósofo radicalizando a atitude do homem em relação ao mundo. Procurou compreender nosso mundo questionando racionalmente a natureza, com perguntas sobre a origem de todos os seres, não se satisfazendo com respostas já dadas envolvendo misticismo, religião e mistério. Tales acreditava que há razões, motivos, em função dos quais uma planta, por exemplo, nasce, cresce e morre, existindo uma causa que originou essa mudança. Essa relação de causa e efeito, o princípio da causalidade, é uma prova indiscutível da racionalidade humana e do surgimento da Filosofia como tentativa de investigação racional da realidade.

Tales buscou explicações que serviram para toda coletividade, surgindo assim a Filosofia, com o propósito de fornecer respostas amplas e válidas para todos os seres, de forma racional, considerando o princípio da causalidade como guia fundamental para essa investigação.

2. Leia com atenção o texto abaixo:

“Joana foi obrigada a comparecer diante do tribunal, acusada de cometer uma infração de trânsito da qual era, na verdade, inocente. O juiz fez-lhe a pergunta de praxe: se ela se declarava inocente ou culpada. Eis o dilema de Joana: Ou me declaro inocente ou me declaro culpada. Se me declaro culpada, deverei pagar uma multa por infração que não cometi. Se me declaro inocente, precisarei passar mais um dia inteiro no tribunal. Ou terei de pagar multa por delito que não cometi ou terei que passar outro dia inteiro no tribunal.”. (SALMON, 2002, p. 18).

Fonte: SALMON, W. C. Lógica. 3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2002.

Com base no texto, responda às seguintes perguntas:

O dilema apresentado é raciocínio válido ou inválido?

Raciocínio válido, pois há uma premissa: “ou Joana se declara inocente ou culpada”, tendo em seguida sua consequência coerente com as argumentações ora em questão.

Quantas proposições há no dilema?

Duas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.7 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com