TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Karl Marx

Exames: Karl Marx. Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  9/12/2014  •  422 Palavras (2 Páginas)  •  371 Visualizações

Página 1 de 2

Karl Marx

Karl Marx em sua teoria faz uma análise da sociedade capitalista. E usa em suas formulações o método dialético que cuida de apontar as contradições constitutivas da vida social que resultam na negação de uma determinada ordem. Segundo a proposta Marxista o fenômeno social deveria ser submetido a critica para que as suas potencialidades possam ser revelados e assim atualizados numa forma mais evoluída. Marx aplica o materialismo histórico porque analisa a sociedade do ponto de vista material, ou seja, as relações que os homens estabelecem, o modo como produzimos seus meios de vida, formam a base de todas as suas relações. Segundo a perspectiva materialista todas as formas econômicas sob as quais os homens produzem, consomem e trocam, são transitórias e históricas; sendo o primeiro fato histórico a produção da vida material.

Em se tratando de produção e reprodução Karl Marx difere a condição humana dos outros animais: Os homens interagem com a natureza de modo consciente já os animais de forma imediata, não cumulativa.

Na reflexão da concepção da sociedade notamos em Marx que a mesma é o produto da ação recíproca dos homens. Sendo certa uma conexão na história dos homens porque cada geração posterior encontra forças produtivas adquiridas pela geração precedente que lhes serve de matéria-prima para a nova produção.

Em Marx infra-estrutura é a força produtiva e a relação social de produção; e super estrutura são as ideologias políticas as concepções religiosas, códigos morais e estéticos,que não tem forma material. A superestrutura existe para legitimar a infra-estrutura. É possível ler em Marx que o surgimento das classes sociais se da através do excedente de produção e o surgimento da propriedade privada dos meios de produção.

A idéia central de Marx em O Capital, é a sociedade capitalista, suas características aspectos e organização. Tendo esta sociedade como base de analise, pode-se compreender outras formas socioeconômicas. A expressão elementar da riqueza desta sociedade é a mercadoria, ou seja os produtos e a própria força de trabalho, sendo composta, por dois: valor de uso e valor de troca. Quando a necessidade de renovação das forças produtivas choca-se com o modelo económico, político e social vigente favorece os aspectos revolucionários, e são estes que nos permite ver historicamente como ocorre a mudança de uma organização social para outra. somente quando não existirem classes e antagonismos de classes é que as evoluções sociais deixarão de ser revoluções políticas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com