TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

MULTICULTURALISMO

Por:   •  4/4/2014  •  1.261 Palavras (6 Páginas)  •  124 Visualizações

Página 1 de 6

EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE

Ratings: (0)|Views: 9.538|Likes: 22

Publicado poredumalandro

Ver Mais

sociais inseridos na própria forma de conhecimento. [...] isso quer dizer que o currículotem sempre sofrido uma influência que não vem dos professores ou da escola, masdas elites que se impõem hegemonicamente, mascarando esses conflitos no interior da sociedade . (APPLE, 1982)A partir da visão de escola e currículo como instrumentos utilizados para manter osprivilégios de classes e grupos dominantes, é possível conceber o currículo comoinstrumento fundamental para iniciar um processo de intervenção na estrutura social afavor de mudanças que beneficiem as classes populares? Como?Resposta: Ao mesmo tempo em que o currículo e a escola podem ser reprodutoresdas relações e desigualdades sociais, pode também entender as contradições daescola e sua possibilidade de produzir a transformação social, a partir da análisecrítica da estrutura social A instituição escolar pode, ao ensinar o conhecimentoacumulado pela humanidade, articular esses conhecimentos e modelos à vida socialdo cotidiano, permitindo ao aluno entender a construção histórica e social dessesconhecimentos e valores, e incentivando a reflexão e pensamento crítico.

2)

(ENC,2001). A organização curricular reflete as práticas sócioculturais. Para colocálaa serviço de uma educação crítica e formadora da cidadania é preciso haver:

a) Interação entre as diversas culturas, que têm linguagens e identidadespróprias, com vistas à transformação das relações culturais e sociais.b)

Inserção das diferentes culturas numa cultura comum, na qual as visões de mundo,dos costumes e dos saberes escolares sejam representativas.

c)

Estímulo à igualdade de grupos e à capacidade intelectual de todos, por meio daarticulação em prol da ascensão social.

d)

Destaque às diferenças culturais produzidas historicamente, priorizando os valorese os costumes dos grupos pouco privilegiados em detrimento da cultura hegemônica.

e)

Consideração da possibilidade de conflitos entre grupos culturalmente diversos,buscando a negociação e objetivando o consenso.

3)

(SEESP, 2004). O currículo, em uma perspectiva crítica, é resultado de umaseleção histórica, feita a partir de um universo mais amplo de conhecimento. Talseleção se baseia em discussões sobre:

a)

A natureza do conhecimento do professor e sua responsabilidade na estruturação eoferecimento dos saberes aos alunos.

b) A concepção de homem, de aprendizagem, de cultura e de conhecimento.c)

A estrutura das disciplinas e o seu papel na elaboração do projeto pedagógico darede escolar.

d)

O papel dos alunos no seu desenvolvimento afetivo, cognitivo e psicomotor.

e)

O papel das disciplinas no âmbito de cada escola e do conhecimento no âmbito dosistema escolar mais amplo.

4) (

SESI, 2004). Uma turma de Pedagogia, discutindo as variadas concepções decurrículo, concluiu que, de acordo com a Sociologia crítica, currículo pode ser concebido como:

a) Processo de acumulação de experiências vividas na escola pelos educandos.b)

Processo de construção social que implica conhecer a realidade e atuar em suatransformação.

c)

Conjunto de matérias ou disciplinas constantes.

d)

Conjunto de dados concernentes às informações sobre calendário e horáriosescolares.

e)

Manifestação de um estágio de desenvolvimento da pessoa e da sua trajetóriasocial.

5)

Os movimentos a favor de uma Escola Pública de boa qualidade se estendem por todo o País, uma vez que a escola deve ser um dos principais locais de aprendizageme apropriação do conhecimento.A contribuição da escola para a democratização do ensino está em:

a)

Atuar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.4 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »