TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Mito da origem

Por:   •  20/7/2016  •  Tese  •  430 Palavras (2 Páginas)  •  139 Visualizações

Página 1 de 2

Há muito tempo, numa sétima dimensão, existia uma linhagem nobre, de puro sangue. Os primeiros homens do universo, filhos da própria magia e força cósmica, dotados de onipotência, onipresença e onisciência, mesmo que em pequeno grau.

No princípio, só existia a terra de Ri-meká. Governada pelos Filhos do Universo, a paz reinava. Até que um camponês, cansado dessa dinastia e com sede de poder, entrou na fortaleza real e conseguiu roubar um pouco do líquido divino que os alimentava, e o bebeu, para tornar-se um deles.

Por ser de uma espécie falha e inferior, seu corpo não suportou a magia, corroendo-o por dentro. Tornou-se um morto vivo. A bebida mística era tão poderosa, que um vírus acabou por se espalhar, comprometendo todas as pessoas, espécies e a terra em que viviam.

Para evitar que tudo fosse perdido, os Primeiros Homens tentaram controlar a praga, mas era poderosa de mais. Logo, pegaram o pouco de terra pura e fértil que tinham e após muitas tentativas, nove possíveis lugares de se viver surgiram. E estes receberam o nome de planeta.

Reuniram os que ainda estavam saudáveis, e os enviaram para cada um dos planetas. No ultimo instante, o ambiente de Ri-meká tornou-se tão contagioso que os planetas começaram a ser atingidos, destruindo as formas de vida que pra lá haviam ido.

Os Filhos do Universo utilizaram de todo seu poder e fundiram-se, passando a ser uma espécie de capa protetora que envolvia os planetas. Por um deles ter apresentado melhores resultados, recebeu mais proteção.

Para que pudessem continuar perto e poder ajudar os sobreviventes, tornaram-se astros que os vigiam a todo momento, tornaram-se Sol e Lua.

Triste por todas as vidas perdidas, a Lua chorava quando os observava. Suas lágrimas inundaram parte da terra. O líquido possuía um poder vital que deixava a todos mais fortes. Por ter sido fruto da tristeza, a bebida afetava a mente, e apagava as memórias da antiga terra e do fim trágico que teve.

Com o passar do tempo, a vida foi tornando-se estável, as pessoas e espécies adaptaram-se bem ao novo lugar. E algumas novas foram surgindo, como presente dos Vigilantes.

Devido as condições do novo ambiente, a vegetação não se adaptou tão bem, sofrendo mudanças de tempos em tempos. Folhas tornavam-se secas, caiam, flores desabrochavam, frutos cresciam, o clima tornava-se quente e frio.

Para selar o início de uma nova era, os Filhos do Universo deram de presente, aos Novos Homens, o fogo. Magia capaz de protegê-los das espécies selvagens, da escuridão, e do frio.

Assim se foi no princípio.

Agora e sempre.

IFRN – ADM1M

Componentes: Aline, Danielle, Josué e Nathália.

 

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (71.2 Kb)   docx (9.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com