TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Cecília Meireles

Por:   •  28/3/2014  •  1.852 Palavras (8 Páginas)  •  220 Visualizações

Página 1 de 8

Biografia

Cecília Meireles (1901-1964) nasceu no Rio de Janeiro em 7 de novembro de 1901. Órfã de pai e mãe, aos três anos de idade passa a ser criada pela avó materna, Jacinta Garcia Benevides. Fez o curso primário na Escola Estácio de Sá, onde recebeu das mãos de Olavo Bilac a medalha do ouro por ter feito o curso com louvor e distinção. Formou-se professora pelo Instituto de Educação em 1917. Passa a exercer o magistério em escolas oficiais do Rio de Janeiro. Estréia na Literatura com o livro "Espectros" em 1919, com 17 sonetos de temas históricos.

Em 1922 casa-se com o artista plástico português Fernando Correia Dias, com quem teve três filhas. Viúva casa-se pela segunda vez com o engenheiro Heitor Vinícius da Silva Grilo, falecido em 1972. Estudou literatura, música, folclore e teoria educacional. Colaborou na imprensa carioca escrevendo sobre folclore. Atuou como jornalista em 1930 e 1931, publicou vários artigos sobre os problemas na educação. Fundou em 1934 a primeira biblioteca infantil no Rio de Janeiro.

Cecília Meireles lecionou Literatura e Cultura Brasileira na Universidade do Texas, em 1940. Profere em Lisboa e Coimbra, conferência sobre Literatura Brasileira. Publica em Lisboa o ensaio "Batuque, Samba e Macumba", com ilustrações de sua autoria. Em 1942 torna-se sócia honorária do Real Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro. Realiza várias viagens aos Estados Unidos, Europa, Ásia e África, fazendo conferências sobre Literatura Educação e Folclore.

Cecília Benevides de Carvalho Meireles morre com 63 anos no Rio de Janeiro no dia 9 de novembro de 1964, seu corpo é velado no Ministério da Educação e Cultura e ela é homenageada pelo Banco Central, em 1989, com sua efígie na cédula de cem cruzados novos.

Bibliografia

*Espectros, poesia, 1919; *Nunca Mais... E Poema dos Poemas, 1923;

*Baladas Para El-Rei, poesia, 1925 ; *Viagem, poesia, 1925;

*Vaga Música, poesia, 1942 ; *Mar Absoluto, poesia, 1945;

*Evocação Lírica de Lisboa, prosa, 1948 ; *Retrato Natural, poesia, 1949;

*Amor em Leonoreta, poesia, 1952 ; * Doze Noturnos de Holanda e o Aeronauta, poesia, 1952;

*Romanceiro da Inconfidência, poesia, 1953 ; *Pequeno Oratório de Santa Clara, poesia, 1955;

*Pístóia, Cemitério Militar Brasileiro, poesia, 1955 ; *Canção, poesia, 1956;

*Giroflê, Giroflá, prosa, 1956; *Romance de Santa Cecília, poesia, 1957;

*A Rosa, poesia,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com